Crossover elétrico terá autonomia de até 483 km

Aproximadamente um mês atrás, um executivo da Ford disse que o Mustang Mach-E chegaria primeiro à Europa e depois nos Estados Unidos. Aparentemente, ele estava errado, pois um porta-voz da fabricante confirma ao InsideEVs que o crossover elétrico será lançado nos dois mercados simultaneamente.

Galeria: Ford Mustang Mach-E 2020

"O Mustang Mach-E estará disponível simultaneamente tanto nos Estados Unidos quanto nos principais mercados da Europa mais para frente neste ano", disse o porta-voz da Ford. Ele não especifica quando será o lançamento, mas reportagens anteriores já falavam sobre acontecer no último trimestre. A data mais aproximada seria outubro de 2020. Enquanto isso, a fabricante está falando com os clientes que fizeram a reserva do crossover para completar os pedidos.

Neste primeiro momento, o Mustang Mach-E está sendo vendido em quatro versões: First Edition, Select, California Route 1 e Premium, deixando a variante GT Performance para 2021. Cada configuração conta com combinações diferentes de motores e baterias, entregando potências entre 255 cv e 333 cv (o GT terá 465 cv), enquanto a autonomia varia entre 338 km e 483 km.

O Ford Mustang Mach-E está praticamente certo para o Brasil, embora ainda sem uma data de estreia. Como a produção terá que atender primeiro tanto a Europa quanto os EUA, levará um tempo para que possa ser entregue em outros mercados. A fabricante planejava mostrar o crossover elétrico no Salão do Automóvel deste ano, para medir a aceitação do público.