Ao que parece o VW e-Golf ainda não vai se aposentar. Será que o coronavírus prolongou sua vida?

A produção do Volkswagen e-Golf totalmente elétrico deveria ser encerrada assim que o novo ID.3 chegasse ao mercado, mas, de acordo com os últimos relatórios não oficiais da Alemanha, pode ser mais complicado que isso.

O último episódio de notícias no canal Nextmove (ver 3:12) revela um documento interno, que indica a produção do e-Golf até setembro de 2020 com entregas aos clientes até o final de 2020.

Por que a Volkswagen gostaria de estender a produção do e-Golf se existe um modelo ID.3 novo e melhor? O ID.3 já está em produção e está agendado para entregas dos clientes a partir do verão de 2020, quando o software estiver pronto.

Volkswagen ID.3

Existem quatro fatores principais possíveis na equação:

  • Existe uma necessidade na UE de vender mais EVs para atender aos novos requisitos de emissão e simplesmente mais e-Golfs serão necessários
  • Nos preços atuais do e-Golf, há uma alta demanda pelo e-Golf, o que é bom hoje em dia
  • O problema do software ID.3 é mais sério e a empresa espera um atraso considerável do ID.3
  • O surto de COVID-19 torna o mercado imprevisível, então a empresa segue o modelo já consolidado.

Alguns podem dizer que a VW usará o COVID-19 como uma desculpa para atrasar o ID.3, enquanto o verdadeiro motivo é o software, mas ainda não temos certeza.

Fonte: nextmove via Electrek

Galeria: Volkswagen e-Golf