Modelo aproveitará a fusão FCA-PSA e será construído na plataforma eCMP do Peugeot e-2008

Certamente atrasada com a eletrificação da sua gama, a italiana Alfa Romeo confirma que enfim está preparando seu veículo elétrico, segundo o site britânico Autocar. Trata-se um SUV compacto que se beneficiará da fusão entre a FCA (Fiat-Chrysler) e a PSA (Peugeot-Citroën) e tem estreia programada para 2022

Antes disso, porém, o responsável por inaugurar a eletrificação na marca será o Tonale, um SUV compacto previsto para estrear em 2021 com uma versão híbrida plug-in com potência combinada de 240 cv e autonomia em modo elétrico de até 50 km (WLTP). Já o inédito SUV elétrico, de acordo com a marca, terá personalidade própria e que não remete a nenhum modelo já existente da marca, porém, sem perder o espírito que fez a história da tradicionalíssima casa italiana. 

Galeria: Alfa Romeo Tonale PHEV

Enquanto isso, o desenvolvimento do SUV 100% elétrico da Alfa Romeo passa a contar com vantagens como redução de custos e maior sinergia entre as duas empresas, o que permitirá ao grupo italiano aproveitar as tecnologias de eletrificação já utilizadas pelos franceses.

A matéria afirma que ele será construído sobre a plataforma eCMP, a mesma base usada por modelos como Peugeot e-208, Peugeot e-2008 e Opel Corsa-e, o modelo elétrico da Alta Romeo será relativamente curto e terá cerca de 4,2 metros do comprimento, se enquadrando como um SUV compacto. 

De acordo com o porta-voz da Alfa Romeo: "Para carros elétricos, permaneceremos consistentes com a esportividade da Alfa Romeo e usaremos motores elétricos com uma abordagem de alto desempenho em mente. Estamos buscando atender às expectativas de um cliente Alfa Romeo, mas também às expectativas de clientes que buscam conforto".

Apesar da alta probabilidade de compartilhar a arquitetura com os carros franceses, o Alfa Romeo terá especificações técnicas distintas e uma abordagem esportiva própria. Espere por um SUV elétrico com ao menos 200 kW (272 cv) e uma bateria que não deve ficar abaixo do patamar de 65 ou 70 kWh, o bastante para percorrer 500 km com uma única carga.

A Alfa Romeo afirma ainda estar trabalhando para oferecer a possibilidade de um ronco artificial para aumentar a sensação de esportividade. Segundo o porta-voz da marca, "a ideia é criar um som específico para alcançar a emoção do motorista e do carro. Uma vantagem de um carro elétrico é o silêncio, se o cliente quiser dirigir por esse caminho. Mas ele também terá a possibilidade de um modo agressivo".

Fonte: Autocar

Galeria: Alfa Romeo Tonale 2020