Segundo rumores, a JLR pode usar células de bateria da BYD que seriam produzidas no Reino Unido

  • Jaguar Land Rover estuda a criação de uma Gigafactory de baterias da BYD no Reino Unido
  • Células de baterias seriam utilizadas em seus veículos híbridos plug-in
  • Ford também negocia fornecimento de baterias BYD para seus carros híbridos

De acordo com fontes não oficiais da Automotive News Europe, a Jaguar Land Rover está em negociações com a gigante chinesa BYD sobre a aquisição de baterias para veículos elétricos.

Segundo apurado, a área potencial da parceria pode ser o uso de baterias da BYD nos novos modelos híbridos plug-in da Jaguar Land Rover. Mais importante ainda, as células podem ser produzidas no Reino Unido em uma gigafactory de baterias da BYD que seria operada independentemente da JLR.

Galeria: Land Rover Range Rover Evoque P300e 2020

Pela programação atual, as baterias Jaguar Land Rover serão produzidas em um novo Centro de Montagem de Baterias no Hams Hall (a partir de 2020), que terá uma capacidade instalada de 150.000 unidades por ano, ao mesmo tempo em que a unidade de acionamento elétrico será produzida no EMC (Wolverhampton Engine Manufacturing Center).

Os rumores também dizem que a JLR e a BYD estão considerando a colaboração em sistemas de propulsão elétrica (a JLR já se inscreveu no eDrive "Gen 5" da BMW), mas isso é provavelmente muito menos importante do que garantir um acordo para desenvolver e produzir baterias.

Para a BYD, a Europa era inicialmente um mercado prioritariamente de ônibus elétricos. A empresa chinesa iniciou a produção de ônibus elétricos na Hungria e na França, além de fornecer chassis para os ônibus elétricos da Alexander Dennis Limited no Reino Unido.

Este ano, a BYD finalmente entra pra valer no mercado europeu de veículos elétricos de passageiros, começando pela Noruega, o país com maior percentual de eletrificação da frota no continente.