A FCA e a empresa de pesquisas RSE realizarão uma análise detalhada das implicações do uso diário de PHEVs

  • Parceria entre a FCA e RSE levará a uma análise das implicações do uso de carros híbridos plug-in
  • FCA cedeu duas unidades do Jeep Renegade 4xe para o estudo
  • Versão híbrida plug-in do SUV estreia no Brasil até o início de 2021

Quais são os hábitos dos motoristas de veículos híbridos plug-in? A FCA e a empresa de pesquisas RSE se juntaram para coletar dados sobre eletrificação. Elas começaram uma parceria que levará a uma análise detalhada das implicações do uso de carros híbridos plug-in na vida cotidiana.

E para esta finalidade, um revendedor da FCA entregou à RSE dois Jeep Renegade 4xe personalizados com os emblemas "RSE rodando com FCA e-Mobility": os carros serão usados ​​para um teste de estresse de seis meses.

Galeria: Jeep Renegade e Compass 4xe

Os dois Jeep Renegade 4xe percorrem diferentes tipos de rota, movendo-se em trajetos médios e longos. Eles serão testados exaustivamente em trechos repetidos, com diferentes estados da bateria e ativando os vários modos de condução. Apenas com o Renegade, entre outras coisas, a FCA está testando em Turim o primeiro sistema que ativa de forma automática o modo totalmente elétrico assim que o carro entra nas chamadas zonas de restrição

Eles serão utilizados tanto no modo totalmente elétrico como no modo a combustão. Também será estudado o sistema de recarga e os custos, que permitirá simular o uso e os hábitos dos clientes desse tipo de carro.

FCA e RSE juntas para pesquisa sobre mobilidade elétrica

A análise conduzida pela RSE terá o duplo objetivo de estudar detalhadamente toda a cadeia de suprimento de energia elétrica e, para a FCA, acima de tudo, coletar muitas informações sobre dirigir em condições reai . Além disso, os técnicos da empresa de Turim já confirmaram que farão outras avaliações assim que os carros retornarem ao final do projeto.

Renegade 4xe no Brasil

Inicialmente previsto para o segundo semestre de 2020, o Jeep Renegade 4xe sofreu atrasos por conta da emergência do coronavírus e deve chegar mesmo entre o fim de 2020 e o início de 2021.

Equipado com um sistema híbrido plug-in com autonomia elétrica de 50 km e um rendimento de até 52 km/litro, o 4xe está equipado com motor 1.3 turbo de 180 cv, complementado por uma unidade elétrica de 60 cv que move as rodas traseiras, totalizando 240 cv de potência combinada.