Compacto elétrico superou a marca de 11 mil pedidos em junho

  • Renault Zoe teve mais que o dobro de emplacamentos em comparação a junho de 2019
  • Mesmo com a pandemia, marca francesa viu suas vendas de elétricos crescerem na Europa

Disponível no Brasil desde o início de 2019, onde ainda tem vendas modestas, Renault Zoe bateu seu recorde histórico de vendas na Europa. O tradicional carro elétrico da marca francesa atingiu a marca de 11.158 pedidos em todo o continente europeu no mês de junho, um número jamais alcançado antes pelo compacto. 

Mesmo com os efeitos da pandemia, a Renault vem comemorando bons resultados de vendas dos seus carros elétricos desde maio, quando a maioria dos países retomou suas atividades após o período de isolamento social mais rígido. Os veículos elétricos da marca tiveram um aumento nos emplacamentos de 56% em relação ao mês anterior.

Galeria: Renault Zoe 2020

Naturalmente, esse crescimento ocorreu de forma diferente nos países da União Europeia. O maior mercado do Zoe ainda é a França, onde o hatchback elétrico da Renault teve 7.500 pedidos, um aumento de 355% na comparação com junho de 2019. Outro destaque foi a Alemanha, com 1.990 pedidos no mês passado, um acréscimo de 117%.

Em termos de emplacamentos, o Renault Zoe bateu o recorde de 10.944 unidades em toda a Europa, um aumento de 107% em relação a junho do ano passado.

Ao contrário de muitas montadoras, a Renault parece estar no caminho certo para atingir as metas de emissões na Europa em 2020. Além do sucesso dos seus veículos elétricos, o reforço na gama eletrificada virá nas próximas semanas com a chegada dos modelos híbridos Clio Hybrid, Captur Plug-in Hybrid e Mégane Sport Tourer Plug-in Hybrid.