BYD Han está disponível em versão híbrida e elétrica e pretende chegar à Europa em breve

  • BYD Han estreia na China com duas versões elétricas e uma híbrida plug-in
  • Versão elétrica de alto desempenho acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos
  • Sedã chinês pretende chegar à Europa em breve para encarar modelos da Tesla

Maior montadora de veículos elétricos no mundo, a BYD iniciou as vendas do modelo BYD Han, um sedã disponível com propulsão elétrica ou híbrida plug-in na China. Conforme anunciamos em maio, o modelo também se prepara para chegar em breve à Europa e encarar modelos como o Tesla Model S

Medindo 4,96 metros de comprimento e com o entre-eixos expressivos de 2,92 metros, o Han terá três opções de propulsão, sendo duas puramente elétricas e uma híbrida. No caso do Han elétrico haverá uma configuração com motor dianteiro de 221 cv de potência e 33,6 kgfm de torque e uma segunda versão com dois propulsores elétricos para um total de 493 cv e 69,3 kgfm.

Galeria: BYD Han

O primeiro acelera de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos enquanto o segundo cumpre a tarefa em apenas 3,9 segundos. Os dois serão equipados com uma bateria de 76,9 kWh, que promete autonomia de 605 quilômetros (NEDC) para a versão convencional (número que pode cair para 559 km pelo ciclo WLTP) e 550 quilômetros para a versão esportiva.

O BYD Han é o primeiro modelo de produção em série equipado com as novas baterias Blade Battery - células de lítio-ferro-fosfato (LFP), mais finas e com células de energia de 800 amperes. O sedã ainda se destaca pelo novo sistema de condução DiPilot com inteligência artificial para aprendizagem, tecnologia 5G e freios Brembo para a versão de alto desempenho.

BYD Han

Enquanto isso, o Han DM, versão híbrida plug in, é equipado com com um motor 2.0 litros associado a uma unidade elétrica que juntos entregam 436 cv de potência e 66,2 kgfm de torque máximo. Ele possui autonomia de 81 km (NEDC) no modo puramente elétrico.

Com todos estes atributos, o preço final é bastante interessante. Na China ele parte de 219.800 yuan (R$ 168 mil) - preço da versão de entrada PHEV com os incentivos do governo chinês e chega a 279.500 yuan (R$ 213,4 mil) no caso do elétrico de alto desempenho. Espera-se que o modelo elétrico chegue à Europa custando na faixa de 45 a 55 mil euros (R$ 273,6 mil a R$ 334,4 mil)

Fonte: Gazgoo