Sedã elétrico de luxo chegará ao mercado em 2020

  • Lucid Air tem autonomia de 832 km certificada pela EPA
  • Sedã elétrico será apresentado em setembro 
  • Até o momento trata-se do carro elétrico com maior autonomia no mercado

Faltando menos de um mês para a estreia oficial, o Lucid Air se prepara para chegar ao mercado com todas as intenções de elevar os padrões em termos de mobilidade elétrica. O sedã elétrico tem desempenho impressionante, aerodinâmica recorde e, agora, uma faixa de autonomia que parecia ser inalcançável em um futuro próximo. 

O número oficial de autonomia (certificado pela agência norte-americana EPA) foi divulgado antes do lançamento, marcado para setembro, e realmente impressiona: 517 milhas, ou seja, 832 km com uma única carga. Trata-se de um novo recorde e supera com folga o já respeitável número do Tesla Model S, com 402 milhas ou 647 quilômetros.

Galeria: Lucid Air Concept

O Lucid Air Concept foi apresentado em dezembro de 2016, mas ainda demorou um certo tempo até a startup norte-americana finalizar o carro e encontrar investimentos para preparar a produção. Agora, a empresa está concluindo sua própria fábrica no Arizona e pretende começar a vender o sedã elétrico até o começo do ano que vem. 

Mas a grande dúvida é qual seria o tamanho da bateria do Air? Ninguém sabe ao certo, mas é um fato conhecido que o sedã elétrico possui uma avançada arquitetura elétrica de 900 Volts. Há rumores de que a bateria tenha 130 kWh, o que seria uma capacidade 30% maior que a das células do Tesla Model S, com 100 kWh.

Especificações:

  • Bateria: 130 kWh (estimado)
  • Autonomia: 832 km
  • Potência máxima: +1.000 CV
  • 0 a 100 km/h: 2,5 segundos 
  • Velocidade máxima: 378 km/h

No entanto, a Tesla deve realizar o seu Battery Day daqui a pouco mais de um mês e Elon Musk já havia dito que faria uma grande revelação durante o evento. Seria finalmente a Super Bateria da Tesla? A conferir.