O CEO da Rivian, RJ Scaringe, nos conduz pela fábrica e nos fornece muitas informações e detalhes.

  • Picape elétrica Rivian R1T teve o lançamento adiado para 2021
  • Modelo promete ter o sistema de recarga mais potente do mercado com 300 kW

A Rivian continua a publicar vídeo curtos em seu canal no Youtube, que vão ficando cada vez mais interessantes à medida em que a unidade vai se preparando para a produção em massa. Há alguns anos, ela comprou a antiga fábrica da Mitsubishi em Normal, IL (EUA). Na época, a planta ainda estava em funcionamento, embora a Rivian já esteja trabalhando há algum tempo para moderniza-lá para a fabricação de picapes elétricas.

Soubemos recentemente que a primeira linha de produção experimental já está em funcionamento na fábrica. Como é possível conferir neste vídeo, isso é realmente verdadeiro. O CEO RJ Scaringe nos leva em um tour para ver o progresso geral da fábrica, bem como detalhes relacionados a peças de veículos e seus robôs.

Galeria: Picape Rivian R1T

Scaringe diz que muitos mais robôs serão entregues no próximo outono (primavera no hemisfério sul) para garantir que a fábrica esteja pronta para operar. Ele diz que, no final, haverá cerca de 500 robôs no local. Curiosamente, os robôs têm uma pintura única na cor azul, a mesma cor da caminhonete elétrica Rivian R1T mostrada neste vídeo e em vários outros da empresa - o CEO diz que gostaram tanto da cor que a usaram para pintar os robôs.

Scaringe também fala sobre os esforços "verdes" da empresa. É claro que escolher produzir veículos elétricos é o mais ecológico possível. No entanto, a Rivian também está fazendo com que a maioria de suas remessas cheguem em contêineres reutilizáveis. Na verdade, quando visitamos as instalações da empresa em Michigan, notamos que os contêineres de transporte e outras estruturas relacionadas foram realmente reaproveitados como espaços de trabalho dentro do prédio.

Scaringe também diz que Rivian está usando plásticos do oceano, o que significa que eles estão usando plástico que é aspirado do fundo do mar para ajudar a limpar a poluição e reciclar os materiais. Consideramos a visão e o diálogo de Scaringe altamente educacionais. Confira o vídeo para mais informações do CEO. 

Assista ao vídeo: