A Lucid Motors revelou a versão de produção e as especificações do Air.

A Lucid Motors apresentou de forma oficial o Lucid Air Dream Edition, o sedã elétrico de luxo e longo alcance com chegada ao mercado prevista para o segundo trimestre de 2021. O Lucid Air vai sacudir o segmento como o primeiro carro elétrico serial a superar o sedã da Tesla em especificações e desempenho. 

Você pode perguntar, mas e o Porsche Taycan, não era para ser o verdadeiro "Tesla killer"? Não, definitivamente não era. O Taycan sempre se propôs a ser apenas um Porsche elétrico. A Porsche desenvolveu um carro elétrico de acordo com seus próprios padrões, não os padrões de qualquer outra empresa de automóveis - e esse é o estilo da Porsche.

Galeria: Lucid Air Dream Edition

A Lucid, no entanto, é outra história. Chefiada por Peter Rawlinson, o engenheiro-chefe do Tesla Model S, a empresa decidiu desenvolver um sedã elétrico que fosse mais eficiente, mais confortável, de carregamento mais rápido, mais aerodinâmico, com mais espaço interno, maior capacidade para bagagem, mais rápido na pista e que tivesse uma autonomia maior do que o Tesla Model S. 

Interior

A Lucid diz que o interior do Lucid Air "reflete uma revolução em como as telas de forma livre da próxima geração são elegantemente integradas à arquitetura de design da cabine, fornecendo uma maneira bonita e perfeita de interagir com o software do veículo e interface de usuário centrada no ser humano."

Diante do motorista, está uma enorme tela de vidro curvo 5K de 34" que parece flutuar acima do painel. A tela do Air é duas vezes mais longa que a do Taycan e é dividida em três seções de conteúdo distintas.

Lucid Air Dream Edition painel

Além disso, há vários controles físicos altamente táteis e fresados ​​com precisão, incluindo turbinas em relevo no volante, um botão rolagem do controle de volume e interruptores de liga leve para ajustar o sistema de ar condicionado. Os proprietários também poderão usar o assistente Amazon Alexa para navegação, ligações e mensagens, streaming de mídia, controle de casa inteligente, bem como adicionar itens a um carrinho de compras ou lista de tarefas pendentes. O sistema também permitirá recursos de controle do veículo, incluindo o ajuste do sistema de climatização. Com o tempo, o sistema adicionará ainda mais funções por meio de atualizações over-the-air (OTA).

Todo o teto é de vidro e fornece bastante luz natural e também serve para otimizar o espaço na cabine, aumentando o pé-direito do passageiro e ampliando o espaço do habitáculo como um todo. Falando nisso, informamos recentemente que devido à arquitetura "Space Concept" da Lucid, ele terá a maior cabine em sua classe, bem como o maior espaço de bagagem considerando qualquer veículo, a combustão ou elétrico, com 740 litros de capacidade de bagagem.

Lucid Air Dream Edition lateral

Exterior

A arquitetura do conceito de espaço da Lucid não apenas inclui a miniaturização de um sistema de transmissão elétrico e bateria, mas também estende a cabine de passageiros para frente e para trás, dando ao Air um visual único que o vice-presidente de design da Lucid, Derek Jenkins, é rápido em apontar.

"As proporções do Lucid Air são bastante exclusivas para este tamanho de sedã, onde você tem um capô muito curto, uma cabine bem longa e um porta-malas muito curto e isso é apenas diferente de, digamos, se você pensar em seu clássico sedã de luxo com grande capô longo com a grande grade frontal."

O Lucid's Dream Edition Air estará disponível com rodas AeroDream de 21 polegadas ou rodas menores de 19 polegadas que oferecem até 61 km a mais de autonomia de acordo com o padrão EPA.

Bateria e carregamento

Os módulos de bateria usados ​​no Lucid Air são ligeiramente diferentes daqueles usados ​​na Fórmula E, pois são otimizados para uso no Air, e o CEO da Lucid, Peter Rawlinson, chama os dois módulos diferentes de "primos próximos". Existem 22 módulos no Air, cada um com um pouco mais de 5 kWh de armazenamento de energia. Eles se somam para criar a bateria de 113 kWh, que é consideravelmente maior do que a bateria de 100 kWh usada pela Tesla no Model S.

O sistema de bateria é de 924 volts, que é a tensão mais alta entre todas os veículos elétricos de produção em série. A grande bateria de 113 kWh, combinada com a eficiência líder da indústria, permitirá que o Lucid Air Grand Touring Edition tenha uma classificação de autonomia surpreendente de 832 km (EPA) com uma única carga.

Apesar de ser grande, a bateria pode trabalhar com mais de 300 kW de potência, superando o Porsche Taycan, que vai até 270 kW, e os modelos Tesla Model 3 e Y, que pode carregar a taxas de até 250 kW.

Lucid Air pacote de baterias

Isso é rápido o suficiente para adicionar até 32 km de alcance por minuto de carregamento e reabastecer 482 de autonomia em apenas 20 minutos. É importante observar, entretanto, que para carregar a 300 kW, você precisa encontrar uma estação de carga rápida DC capaz de fornecer essa potência, e elas ainda são tão comuns nos Estados Unidos. 

O Lucid Air também pode gerar fluxo de energia bidirecional, então os proprietários do Lucid Air podem usar seus veículos para fornecer energia às suas casas durante uma queda de energia e até mesmo fornecer energia total às propriedades de férias que estão fora da rede elétrica.

O sedã elétrico pode carregar até 19,2 kW em equipamento de carregamento CA doméstico. A Lucid estará oferecendo uma "Estação de carregamento conectada doméstica" de 80A que fornecerá os 19,2 kW que o carro pode aceitar e também permitirá o fluxo de energia bidirecional do veículo para a casa.

Condução semi-autônoma

De acordo com a Lucid Motors, o Air será o primeiro veículo elétrico oferecido com a combinação de um conjunto de sensores avançados, LIDAR de alta resolução, um sistema de monitoramento de motorista e uma plataforma totalmente redundante como item de série em todos os veículos.

O conjunto de tecnologia DreamDrive da Lucid oferece suporte a 19 recursos de segurança, direção e assistência ao estacionamento que serão incluídos no Air no início da produção. Existem também outros oito recursos que a marca diz que estarão disponíveis em uma data posterior e serão implantados por meio de atualizações OTA.

O Air será lançado com capacidade de direção autônoma de nível 2, mas os recursos adicionais DreamDrive que permitirão a condução de nível 3 continuam em desenvolvimento.

Os principais recursos fornecidos pelo DreamDrive:

Segurança:

  • Monitoramento 360º
  • Monitor de pontos cegos
  • Proteção de tráfego cruzado
  • Reconhecimento de sinais de trânsito
  • Frenagem automática de emergência
  • Alertas de fadiga

Direção:

  • Assistência em alta velocidade na estrada (controle de cruzeiro adaptativo e centralização da pista)
  • Alerta de tráfego traseiro
  • Assistente de farol

Estacionamento:

  • Assistente de estacionamento autônomo
  • Controle de partida
  • Frenagem suave para manobras
  • Lucid Air Performance Version
Lucid Air inverter

Propulsão elétrica

Durante uma apresentação que Rawlinson fez na semana passada, o CEO e o CTO apresentaram um trem de força traseiro para o Air que aloja duas unidades de propulsão, capaz de fornecer 1.300 cavalos de potência às rodas traseiras. Isso confirmou os rumores de que a empresa está trabalhando em uma versão de desempenho tri-motor do Air.

Considerando que o Air Dream Edition de motor duplo tem 1.080 cv e pode fazer uma arrancada de 400 metros em menos de 10 segundos, mal podemos esperar para ver do que a "versão de desempenho" com três motores é capaz. Rawlinson prometeu que a versão brava estará disponível no "final de 2021".

Rawlinson explicou ainda que eles permitem um design extremamente compacto, capaz de abrigar duas unidades de acionamento lado a lado, sendo menores e mais leves do que os motores de qualquer concorrente, o que aumenta a eficiência e a autonomia.

Na verdade, Rawlinson lançou o desafio e proclamou que a tecnologia da Lucid é muito superior a de qualquer carro elétrico atual, incluindo o "líder da indústria". Ele disse que qualquer um pode adicionar "autonomia absurda" simplesmente usando uma enorme bateria. Ele acrescentou que a eficiência do Lucid é muito melhor do que qualquer outro EV, com uma vantagem de eficiência de 17%.

  Disponibilidade Preço inicial Autonomia
Air 2022 abaixo de US$ 80,000 (R$ 424.000) N/A

Air Touring

final de 2021 US$ 95,000 (R$ 503.600) 653 km
Air Grand Touring meados de 2021 US$ 139,000 (R$ 737.000) 832 km
Air Dream Edition primeiro semestre de 2021 US$ 169,000 (R$ 896.000) 653 km / 809 km

A Lucid diz que o "coração da linha Lucid Air" serão os modelos Air Touring e Air Grand Touring. O Air Touring terá 620 cv, enquanto o Air Grand Touring adiciona outros 180 cv para um total de 800 cv. O Air Grand Touring é o modelo que oferecerá a autonomia mais ampla, que a Lucid espera ter uma classificação EPA de 832 km com uma carga. 

A empresa norte-americana também anunciou que todas as versões do Air carregam tão rápido quanto a versão mais cara, o que é uma ótima notícia. Afinal, o carregamento rápido é uma parte muito importante da experiência de veículos elétricos.

Está pensando em comprar um Lucid Air? As reservas estão abertas para clientes nos EUA e Canadá, bem como em alguns países da Europa e Oriente Médio. Os interessados ​​podem reservar a série limitada Dream Edition com um depósito reembolsável de US$ 7.500. Todas as outras versões exigem um depósito de US$ 1.000, que também é reembolsável.

O Lucid Air também estará disponível para encomendas em qualquer um dos 20 Lucid Studios e Centros de Serviços que estão programados para começar a funcionar na América do Norte até o final de 2021. Mais detalhes sobre a comercialização serão revelados em breve.