Versão de produção chegará ao mercado no segundo semestre de 2021

Conforme antecipado por teasers e comunicados de imprensa, a Renault apresentou nesta quinta-feira (15), durante o evento Renault eWays, que aborda a eletrificação sobre o ponto de vista da marca, o belo conceito Mégane eVision, que antecipa o novo carro 100% elétrico da marca francesa.  

Revelado pelo CEO da empresa, Luca de Meo, o novo conceito se destaca pelo design atraente. E a Renault deixa claro a sua importância para a marca ao resgatar um nome emblemático para os franceses: o Mégane. O Mégane eVision não só representa o grande passo em termos de veículos elétricos que a marca pretende dar, mas também sinaliza novos conceitos e estilos a serem adotados pela empresa.

Galeria: Renault Mégane eVision

O Mégane eVision incorpora diversos elementos de estilo do carro-conceito Morphoz, com uma mistura de características de hatchback, SUV e cupê, uma tendência nos dias atuais. Destaque para o teto flutuante dourado, belas rodas de 20" e a chamativa (e interessante) grade frontal iluminada, que abriga o bocal de carregamento. 

A versão de produção deste conceito irá inaugurar uma família de carros elétricos estreando a arquitetura CMF-EV, específica para os emissões zero da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. Vale destacar que será um modelo exclusivamente elétrico e não terá um derivado com motor a combustão. 

renault megane evision
Apresentação do Renault Mégane eVision no evento eWays

Graças à arquitetura CMF-EV, o crossover que terá apenas 4,21 metros de comprimento, gozará de amplo espaço interno, como no médio Mégane, graças ao entre-eixos de 2,70 metros e o layout dos carros elétricos 'puros', mas limpo - são medidas bem próximas ao do elétrico Volkswagen ID.3. Versátil, poderá acomodar diferentes configurações de baterias e motores elétricos. 

“Aproveitamos totalmente o potencial da plataforma elétrica pura para reinventar o hatchback clássico de uma forma emocional”, disse Luca De Meo, CEO do Grupo Renault. "Com a bateria mais fina do mercado, uma carroceria compacta de 4,21 metros que oferece o espaço de um veículo do segmento C, o Mégane eVision é uma obra-prima de embalagem.”

De acordo com a Renault, o conceito apresentado nesta tarde estava equipada com baterias de 60 kWh, suficientes para "viajar entre Paris e Lyon com uma única carga" sem, no entanto, dizer qual será a autonomia real do conceito - a julgar pela distância mencionada entre as cidades, algo em torno de 450 km com uma única carga.

Em termos de recarga, haverá opções em corrente alternada  com até 22 kW e contínua até 130 kW - suficiente para recuperar uma autonomia de 200 km em apenas meia hora. Além disso, contará com tecnologia de recarga inteligente e o promissor sistema V2G, onde o veículo elétrico pode reverter o excesso de energia para a rede elétrica.

O motor elétrico que equipa o conceito possui 160 kW (217 cv) de potência com torque máximo de 30,6 kgfm. A Renault afirma que o Mégane eVision poderá acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos, um número interessante para um carro de 1.650 quilos, com peso bem acima de um sedã médio.

Disposta a se tornar uma referência em termos de eletrificação, a Renault seguirá trabalhando no Mégane eVision até a versão de produção, que chegará ao mercado até o segundo semestre de 2021.