O primeiro carro elétrico da Dacia irá estrear em 2021 na Europa

  • Dacia Spring irá iniciar a "revolução elétrica" da marca de baixo de custo da Renault
  • Imagens de patentes revelam a versão de produção do modelo
  • Urbaninho pode democratizar o carro elétrico com preço final em torno de 10 mil euros (R$ 61.900)

Apresentado como carro conceito em março deste ano, o Dacia Spring, primeiro carro elétrico da marca romena que pertence ao grupo Renault, teve as imagens de patentes da versão de produção vazadas. Baseado no nosso Renault Kwid, este pequeno hatchback promete democratizar o carro elétrico na Europa com preços realmente acessíveis. 

Graças ao vazamento do escritório de registro de patentes, podemos ter uma boa noção de como ficará o visual definitivo do Dacia Spring, o que também não é exatamente uma grande surpresa. Este pequeno carro urbano terá a missão de iniciar a revolução elétrica da marca de baixo custo da Renault e chegará à Europa em 2021.

dacia-spring_1
dacia spring 4
dacia-spring-1c

Apesar da expectativa com a versão de produção, sabemos que o Dacia Spring é praticamente uma cópia do Renault City K-ZE vendido na China. Os modelos irão se diferenciar por detalhes pontuais como a grade frontal e dupla assinatura de luzes em Y das lanternas. O interior também sofrerá poucas alterações em relação ao modelo asiático.

Galeria: Renault City K-ZE - Salão de Xangai

O Dacia Spring deve ser equipado com o mesmo conjunto propulsor do irmão chinês: um motor elétrico de 45 cv de potência e 12,7 kgfm de torque alimentado por uma bateria com capacidade de 26,8 kWh. A autonomia será de 200 km (WLTP), dada a proposta urbana do carrinho. O tempo de recarga em tomada convencional é de 4 horas, ou 30 minutos para carregar de 0 a 80% utilizando um carregador rápido. 

Elétrico para as massas

De acordo com a matéria do site francês, o Dacia Spring promete ser o carro elétrico mais barato à venda na Europa com um preço que não deve exceder os 15.000 euros (R$ 92.800). Aplicando os incentivos governamentais, esse valor pode ficar abaixo dos 10.000 euros (R$ 61.900), o que seria decisivo para democratizar o carro elétrico.

Apenas para efeito de comparação, o Renault City K-ZE custa menos de US$ 9 mil (R$ 48,9 mil) na China, o que realmente adianta que o preço final do irmão gêmeo da Dacia Spring pode ser bem competitivo na Europa. Ele ainda não está confirmado para o Brasil, mas dada a pretensão de expansão do portfólio elétrico do Grupo Renault, este modelo, por seu baixo preço, não deve ser ignorado para nosso mercado no futuro. 

Fonte: Largus, e-cars

Galeria: Dacia Spring Concept 2020