Conheça a fábrica de Mirafiori em Torino, Itália, o maior complexo da FCA no mundo

A Fiat revelou sua linha de produção altamente avançada do recém-lançado Fiat 500 elétrico, baseado em uma plataforma totalmente nova, na fábrica de Mirafiori em Torino, Itália, que com cerca de 20.000 funcionários é o maior complexo da FCA do mundo inteiro.

De acordo com a empresa, cerca de 1.200 pessoas trabalharão na linha de produção elétrica do Novo 500, produzindo mais de 80 mil unidades por ano quando estiver a plena capacidade (isso dá uma média 6.666 por mês). Dependendo da demanda, existe a opção de aumentar a produção para um nível ainda mais alto.

Galeria: Fiat 500 elétrico - linha de produção na fábrica de Mirafiori

A empresa italiana produzirá também o Fiat 500 convencional e híbrido (geração anterior), desde que haja demanda por esses modelos.

O primeiro Fiat 500 convencional foi produzido em 1957 - "Agora, em uma ponte simbólica entre o passado e o futuro, a linha de produção do Novo 500 elétrico foi montada aqui, para continuar a longa história de modelos inovadores que saem da fábrica de Torino" .

Fiat 500 elétrico - linha de produção - montagem

O investimento na fábrica para fazer carros elétricos a bateria ultrapassou os 700 milhões de euros (custos de concepção, desenvolvimento e engenharia e construção da linha de produção).

De acordo com a Fiat, o Novo 500 elétrico foi criado e projetado 100% internamente, sendo "um produto genuinamente "Made in Fiat" e "Made in Torino"

"Em seguida, passamos para o 'Departamento de Chassis', onde ocorre o 'casamento' entre o motor e a parte inferior da carroceria. Um dos elementos mais inovadores é a montagem do cabo de carregamento da bateria. Enquanto um grupo de trabalhadores monta o chassi, outro grupo prepara os componentes mecânicos encaixando os conjuntos das rodas e os controles do motor elétrico."

Fiat 500 elétrico - linha de produção - carroceria

Comparado a um veículo convencional, a plataforma principal deste carro inclui a bateria e o motor elétrico, consistindo de um Módulo de Drivetrain Elétrico (EDM) e uma Base Elétrica de Força (PEB). Outros componentes importantes são o aquecedor elétrico e o compressor. Uma vez que o sistema de tração está completo, tudo está pronto para ser montado com a carroceria: o 'casamento' é realizado automaticamente.

O novo Fiat 500 elétrico foi lançado recentemente com três opções de carroceria (Cabrio, Hatch e 3 portas) e duas versões de bateria e motor, com autonomia de 180 km e 320 km, respectivamente. Um conjunto que permite ao carrinho urbano na versão mais forte acelerar de 0 a 100 km/h em 9 segundos e alcançar a velocidade máxima de 150 km/h. O lançamento no Brasil está confirmado para algum momento de 2021, mas ainda sem data definida.