Esportivo elétrico começa a ser vendido no país em três versões

Após o início de pré-vendas em agosto, o Porsche Taycan estreia de forma no oficial no Brasil. O primeiro carro elétrico da marca alemã foi lançado nesta semana e já pode ser configurado nas versões 4S, Turbo e Turbo S, com preços de R$ 589 mil, R$ 808 mil e R$ 979 mil, respectivamente, valores que incluem a instalação de um carregador residencial para os clientes.

Todos as versões são equipadas com dois motores elétricos, um em cada eixo. O modelo de entrada 4S tem 435 cv de potência, alcançando os 530 cv ao utilizar o overboost, enquanto a autonomia é de 407 km com uma carga.

Galeria: Porsche Taycan Turbo 2020

A versão intermediária é a Turbo, com 625 cv no modo normal e 680 cv ao ativar o overboost, enquanto sua autonomia é de 450 km. No topo da gama está o Turbo S, que tem os mesmos 625 cv padrões, mas seu modo arrancada eleva a potência momentaneamente para 761 cv. Porém, sua autonomia é menor, de 412 km, sempre pelo padrão europeu WLTP.

Porsche Taycan

Além do alto desempenho, o Taycan se destaca ainda por ser o primeiro carro a usar uma arquitetura elétrica de 800V, que permite potência de até 270 kW. Com isso, bastam 5 minutos para recuperar 100 km de autonomia enquanto uma recarga de 5% a 80% leva 22,5 minutos. A recarga com uma tomada comum leva entre 6 a 8 horas para chegar aos 100%.

Porsche Taycan

O primeiro carro elétrico da Porsche superou as expectativas mais otimistas da marca se tornando um sucesso de vendas em vários mercados. Na Europa, a marca alemã teve que recorrer à ajuda da irmã Audi, que emprestou 400 funcionários para ampliar a capacidade da linha de produção do Taycan, devido ao alto número de pedidos. 

Fotos: Leonardo Fortunatti / Motor1.com