Apesar de otimizada para a eletrificação, base também será compartilhada com carros a combustão e híbridos plug-in

Os futuros carros e SUVs da BMW serão baseados em uma nova plataforma com foco na eletricidade que a marca planeja lançar em 2025, de acordo com uma matéria do Automotive News. Este anúncio era bastante esperado pelo fato da BMW ainda ser uma das poucas grandes montadoras que não introduziu uma plataforma projetada para carros elétricos.  

A próxima plataforma é chamada de New Class Platform (Neue Klasse em alemão) e é projetada para veículos totalmente elétricos, mas também suporta motores a diesel e a gasolina, híbridos e a células de combustível de hidrogênio. Isso significa que não é exatamente uma plataforma elétrica dedicada na qual alguns dos rivais da BMW estão trabalhando atualmente. No entanto, é bastante flexível porque será capaz de suportar configurações de tração traseira, dianteira e integral. 

Galeria: BMW i4 2022

A próxima plataforma apresentará uma nova arquitetura elétrica de alta tensão com um design de célula de bateria aprimorado, mas nenhum detalhe ainda foi divulgado. A BMW levou em consideração as diferentes proporções que os veículos elétricos têm, como balanços mais curtos e mais espaço interno, ao projetar a nova plataforma. 

De acordo com a matéria do Automotive News

"Com o tempo, a 'New Class' substituirá as duas arquiteturas existentes da BMW: a pequena plataforma UKL usada para carros compactos BMW e pelo MINI. Ele acomoda carros FWD e AWD e foi lançado em 2014 no Mini hatchback. A plataforma maior CLAR, com RWD e AWD, será usada para o resto da linha BMW. Foi lançado em 2015 com o sedã Série 7.

2022-bmw-i4 (1)

A BMW teve que revisar significativamente as plataformas UKL e CLAR para os carros elétricos e híbridos plug-in de longo alcance porque as arquiteturas foram originalmente projetadas para carros a combustão e plug-ins de autonomia mais curta. 

O sedã elétrico i4 e o SUV elétrico iX, que serão lançados ainda este ano, serão sustentados por uma versão altamente atualizada da plataforma CLAR. Os sedãs das Séries 5 e 7 da marca também receberão variantes elétricas construídas na plataforma CLAR nos próximos anos.

Na semana passada, a BMW anunciou que pretende que a metade dos veículos vendidos sejam elétricos até 2030. A plataforma New Class será fundamental para o sucesso do objetivo de eletrificação da empresa. A montadora alemã foi criticada no passado por não levar a sério a mudança da indústria automotiva para mobilidade elétrica, mas esta nova plataforma é definitivamente um passo na direção certa. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram