SUV compacto tem autonomia de até 401 km com uma carga, 136 cv de potência e preço inicial equivalente a R$ 63.500

Ainda muito caros no Brasil, os carros elétricos avançam para outra realidade na China, onde começam a ficar acessíveis para os consumidores menos abastados. Um exemplo é o BYD Yuan Pro, um SUV compacto que ganhou uma variante 100% elétrica e estreia no maior mercado automotivo do mundo com preço inicial equivalente a R$ 63.500. 

A BYD anunciou recentemente que o BYD Yuan Pro seria oferecido em três versões de acabamento com preços entre 79.900 e 99.900 RMB (R$ 63.500 a R$ 79.400), após os incentivos do governo chinês. Trata-se de um valor acessível, mesmo para os padrões locais. 

Galeria: BYD Yuan Pro EV

Medindo 4,37 metros de comprimento e com 2,53 metros de distância entre-eixos, o BYD Yuan Pro recebeu a nova linguagem de design "Dragon face 3.0" da BYD. As linhas mais simples caíram bem para um veículo compacto e o Yuan Pro mantém sua roda sobressalente montada externamente (que também abriga a câmera traseira!). 

No que diz respeito ao interior, a seleção de cores e o layout não deixam transparecer que se trata de um carro acessível. Todos as versões do Yuan Pro possuem tela multimídia de 10,1" e quadro de instrumentos digital com tela de 8". Enquanto as versões de topo estão bem equipadas em termos de equipamentos de segurança (ABD, EBD, EBA, TCS, ESP, etc.), as versões de entrada não contam com os airbags laterais.  

BYD Yuan Pro EV (7)

O SUV compacto BYD Yuan Pro é equipado com um motor elétrico que produz 100 kW (136 cv) de potência e 21,4 kgfm de torque máximo no eixo dianteiro, independente da versão - a BYD ainda não divulgou os dados de desempenho. 

Outra novidade do SUV elétrico é que ele já utiliza as modernas baterias 'Blade' de fosfato-ferro-lítio da BYD. Enquanto o modelo básico possui um conjunto de 38,9 kWh, a versão de topo recebe uma bateria de 50,1 kWh - a autonomia com uma carga completa é de 301 e 401 km (NEDC), respectivamente. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Fonte: CarNewsChina