Anunciada no ano passado, a 'Factory Zero' da GM foi inaugurada de forma oficial nesta quinta-feira (17). Trata-se de uma fábrica exclusiva para veículos elétricos criada sob novos conceitos de eficiência e zero emissões e que servirá de modelo para as futuras instalações da GM.  

A instalação está pronta para iniciar a produção de veículos elétricos na antiga linha de montagem de Detroit-Hamtramck, menos de dois anos após a GM ter anunciado o investimento de 2,2 bilhões de dólares para renovação do complexo que irá montar uma variedade de veículos 100% elétricos.

Entre os modelos que serão produzidos no local estão a picape elétrica GMC Hummer, o GMC Hummer SUV, a Chevrolet Silverado elétrica e o autônomo Cruise Origin, além de outros que serão anunciados mais adiante. 

"Este é um dia monumental para toda a equipe GM. Nós renovamos as instalações da Factory ZERO com a melhor e mais avançada tecnologia do mundo para produzir EVs da mais alta qualidade para nossos clientes", disse a presidente e CEO da GM Mary Barra.

GM Hummer fabrica zero (1)

Plataforma Ultium

Todos os veículos elétricos da Factory ZERO serão produzidos com a plataforma Ultium da GM, o coração da estratégia de produtos elétricos da empresa. Esta base desenvolvida internamente engloba a arquitetura veicular e componentes de propulsão como células de bateria, módulos, packs, unidades de acionamento, motores elétricos e eletrônica de potência integrada. 

Por meio da plataforma Ultium, a GM realizará uma mudança estratégica na cadeia de valor em sua rede de fábricas de montagem de veículos, já que a empresa é capaz de padronizar e otimizar os processos de maquinário, ferramentas e montagem. Essa flexibilidade permite menores investimentos de capital e maior eficiência à medida que ocorrem transformações adicionais nas tecnologias de montagem.

GM Hummer fabrica zero (2)

Factory ZERO 

A GM criou o conceito Factory Zero investindo dois terços do capital necessário para construir uma fábrica verde, tornando a instalação um modelo para futuras renovações de fábricas da empresa.

À medida que realiza a transição energética, a GM economizará até 15 bilhões de dólares em custos até 2030 por meio da renovação das instalações de manufatura existentes em comparação à construção desde o zero. Valor que sobe para 20 bilhões a 30 bilhões de dólares na transição de 100% das fábricas da GM nos EUA para apoiar a produção de veículos elétricos.

Além das vantagens financeiras, o compromisso da GM em renovar sua rede existente de instalações durante a transição para os carros elétricos também economiza tempo de produção. 

"Para atender à nossa ambiciosa transição para os VEs, a capacidade de montagem de veículos elétricos da GM na América do Norte chegará a 20% em 2025 e, em seguida, 50% em 2030", disse Gerald Johnson, vice-presidente executivo de Manufatura e Sustentabilidade Global da GM. "A Factory ZERO serve como um modelo para as transições que ocorrerão em outras fábricas ao redor do mundo nos próximos anos."

A GM estima que 80% do processo de montagem de um veículo elétrico seja igual ao dos veículos a combustão. Este é outro fator de velocidade para a empresa que aperfeiçoou seus próprios processos de fabricação, padronizados ao longo de muitas décadas. Isso possibilitará expandir a linha de carros elétricos com mais rapidez e menor custo.