Versão familiar recebeu sinal verde de Elon Musk, com antecipação da estreia

  • Versão com três fileiras de assentos foi prometida desde o lançamento
  • Nova variante deve acrescentar cerca de 3.200 euros (R$ 18.800) ao preço final 

Projetado desde o início para ser um veículo de sete lugares, o SUV elétrico Tesla Model Y começou a ser vendido apenas na variante para cinco ocupantes. A versão com três fileiras de assentos, inicialmente prevista para algum momento entre o fim de 2020 e o início de 2021, chegará ao mercado um pouco mais cedo que o previsto. 

De acordo com um post de Elon Musk no Twitter, o Model Y de sete lugares chegará ao mercado no início do quarto trimestre. O CEO da Tesla deu sinal verde para o modelo familiar da marca, que segundo a imprensa norte-americana apurou, deve estrear entre setembro e outubro. 

Galeria: Tesla Model Y 2020

Até o momento sem nenhuma imagem oficial desta versão revelada, o modelo de sete lugares é aguardado com bastante curiosidade. Afinal, a expectativa é grande para saber qual foi a solução usada pela Tesla para alocar mais dois assentos (para adultos ou crianças) em um espaço reduzido. Acredita-se que restará pouco espaço no porta-malas do SUV que possui 4,69 metros de comprimento.

A nova variante deve acrescentar cerca de 3.200 euros (R$ 18.800) ao preço inicial de US$ 74.690 (R$ 391.000) de um modelo que pretende trazer para a marca as famílias que querem mobilidade elétrica e mais espaço para ocupantes. Em que pese alguns problemas enfrentados pelo Model Y "normal", a Tesla deve corrigir o rumo em breve, assim como em seus primeiros lançamentos.