Caminhão elétrico nacional se prepara para chegar ao mercado em 2021.

  • Em cerca de dois anos de testes, mais de 22 toneladas de CO² deixaram de ser emitidas na atmosfera e, até agora, o e-Delivery deixou de consumir mais de 6.500 litros de diesel
  • Primeiras entregas estão previstas para o início de 2021

Em testes há cerca de dois anos no Brasil, o caminhão elétrico Volkswagen e-Delivery já rodou mais de 30.000 km realizando atividades como entregas de produtos da parceira Ambev para bares e supermercados e até mesmo fazendo parte da força tarefa de combate à pandemia com a doação de 1 milhão de litros de álcool em gel feita aos hospitais públicos em São Paulo.

Principal parceira no projeto, a Cervejaria Ambev afirma que terá mais de 1/3 da frota composta por pelo menos 1.600 caminhões Volkswagen elétricos até 2023, um dos maiores anúncios do tipo no mundo. Nesse período de testes, mais de 22 toneladas de CO² deixaram de ser emitidas na atmosfera e, até agora, o e-Delivery deixou de consumir mais de 6.500 litros de diesel.

Galeria: Volkswagen e-Delivery

Além disso, o caminhão elétrico tem como destaque o fato de ser recarregado com 100% de energia elétrica proveniente de fontes limpas, como eólica e solar, sendo que 43% de sua energia provém do próprio sistema regenerativo de freios do veículo.

"A pandemia mundial de Covid-19 impôs muitos desafios a toda sociedade, o que promoveu ajustes de rota. E mesmo assim, mantivemos nosso compromisso com a inovação e avanços para a mobilidade sustentável, tema que continua prioritário na VW Caminhões e Ônibus", afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.

As empresas que fazem parte da parceria (o e-Consórcio): Bosch, CATL, Moura, Semcon, WEG, Meritor e Siemens, tem como objetivo somar esforços para viabilizar a utilização da propulsão elétrica na distribuição urbana de produtos e criar um benchmarking em sustentabilidade para o mercado logístico global, contemplando a operação do caminhão VW e-Delivery e seu abastecimento por meio de fontes de energia sustentáveis.

Como parte desse esforço, a Ambev está inaugurando mais de 30 usinas solares em todo o Brasil, que vão produzir eletricidade o suficiente para abastecer 100% dos 94 centros de distribuição da companhia pelo país. Assim, 100% dos caminhões elétricos que prestarem serviço para a Cervejaria serão alimentados por energia renovável quando a frota estiver completa.

O caminhão elétrico Volkswagen e-Delivery já está em fase de pré-produção, com montagem na fábrica-laboratório de Resende (RJ), e tem previsão de chegar ao mercado no primeiro semestre de 2021. 

Fonte: VWCO