Combina um motor 2.0 litros a gasolina com dois motores elétricos.

A fabricante norte-americana Jeep apresenta seu terceiro modelo híbrido plug-in, o Jeep Wrangler 4xe 2021, que se junta aos outros dois modelos da linha, o Renegade 4xe e o Compass 4xe. Ambos já estão à venda na Europa e chegarão ao Brasil nos próximos meses, enquanto o Wrangler híbrido tem previsão de chegar ao mercado a partir de 2021. 

Com design externo praticamente igual ao das demais versões convencionais, o Jeep Wrangler 4xe tem como principais diferenciais a porta de carregamento na seção dianteira próximo ao retrovisor externo e o emblemas 4Xe na parte traseira do carro - esse logo será utilizado para designar todas as versões eletrificadas da Jeep.

Galeria: Jeep Wrangler 4xe 2021

Diferentemente dos modelos Renegade e Compass 4xe, ambos equipados com o motor 1.3 turbo, o Wrangler 4xe tem propulsão híbrida plug-in que combina um motor a gasolina 2.0 litros 4-cilindros turbo com uma transmissão automática TorqueFlite de oito velocidades, dois motores elétricos e uma bateria de íon-lítio. 

Um sistema que despeja 381 cv de potência e 65,0 kgfm de torque máximo nas quatro rodas. Destaque para o fato de que um dos motores elétricos está integrado na parte frontal do propulsor térmico, substituindo o alternador, sendo conectado ao virabrequim por meio de uma correia, enquanto o segundo está conectado à transmissão, substituindo o conversor de torque.

O sistema elétrico do Wrangler híbrido é de 400 volts e a bateria, de íon lítio tem capacidade de 17,3 kWh, que permite ao modelo rodar 40 quilômetros com uma única carga de acordo com o padrão norte-americano (EPA). 

Ao todo são três modos de condução: Hybrid, que combina a propulsão elétrica com o motor a gasolina, Electric, que é o modo de emissões zero, e por último o modo eSave, que prioriza o motor térmico para impulsionar o veículo e para carregar a bateria.

Jeep Wrangler 4xe 2021

De acordo com o novo plano quinquenal anunciado pela Jeep em 2019, a marca norte-americana tem como meta o lançamento de uma versão eletrificada para cada um de seus modelos até 2021. No ano seguinte, a empresa pretende colocar no mercado 10 modelos híbridos plug-in e quatro modelos puramente elétricos.