Agora, se ocorrer a falha, o reparo será feito pela Tesla dentro da garantia

No fim das contas a Tesla teve que admitir: o seu carro mais vendido, o Model 3 tem um problema que não pode mais ser ignorado. Ao passar por uma grande poça ou dirigir sob chuva forte, você pode se deparar com a perda do pára-choque traseiro.

A direção da montadora tornou público o conhecimento da questão e afirmou que está trabalhando para resolver o problema. O certo é que, dos muitos inconvenientes (ainda mais graves) que alguns modelos de automóveis tiveram de enfrentar em suas trajetórias, nunca se ouviu falar disso antes. Pense na repercussão, considerando que é o carro mais pesquisado da internet e o carro elétrico mais vendido de todos os tempos.

Galeria: Tesla Model 3 perdendo o para-choque traseiro

Problema oculto

O acidente seria causado por uma falha no projeto do assoalho plano. No passado, alguns proprietários do Model 3, tendo trazido o carro para a oficina por outros motivos, notaram que areia, sujeira e água se acumulavam na parte traseira da guarnição inferior.

Em caso de condução em condições de água abundante, passando sobre uma poça em alta velocidade ou quando está a chovendo muito forte, a pressão sobre o painel pode fazer com que a base se solte, com a consequente perda do pára-choque traseiro.

Agora está na garantia

A empresa foi questionada várias vezes sobre o assunto, mas até agora nunca tinha assumido uma posição oficial. De fato, alguns proprietários que se depararam com o problema tiveram os reparos em garantia recusados ​​porque o dano às vezes era atribuído à uma condução imprudente. Não é a primeira vez que a Tesla é acusada de defeitos de qualidade, e o Model Y também está na mira, principalmente após o episódio ocorrido com um motorista da Califórnia, onde o teto panorâmico do SUV elétrico simplesmente se desprendeu do carro em movimento.  

Mas em relação ao caso do sedã elétrico, a Tesla mudou de estratégia, admitindo uma falha de construção. A nota divulgada à sua rede de serviços diz literalmente: "Em raras circunstâncias, alguns componentes do Model 3 construídos em Fremont antes de 21 de maio de 2019 podem sofrer danos se você dirigir em estradas onde há uma quantidade abundante de água. A avaria decorrente desta situação deve ser reparada na garantia".

As unidades posteriores à data informada na comunicação oficial foram construídas de forma diferente e, aparentemente, não apresentam mais esse defeito.