Popular na Europa, o e-2008 inspira os concorrentes a se mexerem

Enquanto a febre dos crossovers está bem longe de passar, as montadoras não reclamam nem um pouco de oferecer cada vez mais modelos para saciar a demanda por esse tipo de veículo. Isso também vale para crossovers compactos elétricos que são vistos como mais atraentes por muitos compradores potenciais de veículos elétricos, que valorizam mais a aparência robusta do que a eficiência total que um veículo mais baixo e aerodinâmico poderia fornecer.

Já existem muitos modelos com bastante apelo no mercado, como o queridinho dos europeus Peugeot e-2008 e o seu irmão Opel Mokka-e, ou ainda modelos Kia/Hyundai. Mas definitivamente há espaço para mais veículos desse tipo, e confirmando rumores anteriores, parece que a Smart também quer abocanhar uma fatia desse mercado.  

Galeria: Smart EQ forfour 2020

De acordo com a matéria publicada pela AutoExpress, a Smart está preparando um mini-SUV elétrico do porte do e-2008 que chegará em 2022. Não será construído em nenhuma arquitetura Smart ou Mercedes existente, mas em uma das plataformas da Geely (a nova Arquitetura de Experiência Sustentável ou SEA; isso é possível por meio de um acordo que a Mercedes fez com a gigante chinesa no início de 2020).

Ainda não temos todos os detalhes sobre a nova plataforma da Geely, mas aparentemente ela pode fornecer aos veículos espaço suficiente para baterias que podem garantir autonomia de até 700 km. No entanto, como o SUV Smart terá dimensões relativamente curtas, ele pode não ser capaz de abrigar muitas baterias e, portanto, seu alcance provavelmente não atingirá esse número. 

Mas mesmo que seja construído sobre bases ainda desconhecidas, será instantaneamente reconhecível como um Smart, tanto por dentro quanto por fora. No momento, estamos imaginando-o como um ForFour ligeiramente maior, mas não temos ideia de como ele realmente será.