Startup FNM em parceria com a Agrale irá produzir caminhões e vans elétricas para a cervejaria

Depois de anunciar seu retorno em meados do ano passado, agora como Fábrica Nacional de Mobilidades, a FNM firma uma importante parceria para o fornecimento de veículos elétricos, incluindo caminhões e vans para a Ambev. A iniciativa faz parte do objetivo da fabricante de bebidas de que 50% de sua frota seja movida a energia limpa até 2023.

Estamos falando aqui da aquisição de 1.000 veículos elétricos pela empresa de bebidas em um dos maiores contratos para veículos zero emissões firmados até o momento no país. O valor investido, no entanto, não foi revelado, mas a Ambev afirma que o projeto é "viável economicamente devido ao menor custo de energia e manutenção".

Galeria: FNM - caminhão elétrico

Retrô e tecnológico

No caso do caminhão elétrico FNM, os destaques ficam por conta das tecnologias de última geração: ele terá tablet conectado com a TI operacional e sistemas de logística, câmeras anticolisão com inteligência artificial, sistema de mudança de faixa e alertas ao motorista além de estar preparado para receber sistemas de condução autônoma no futuro. 

Equipado com um motor elétrico de 355 cv e com autonomia declarada de 130 quilômetros, o veículo será produzido na fábrica da parceira Agrale em Caxias do Sul (RS). No local, há uma área exclusiva para a produção da FNM.

Frota zero emissões

Além do contrato com a FNM, a Ambev também aguarda a entrega de outros 1.600 caminhões elétricos e-Delivery que estão sendo produzidos na fábrica de Resende (RJ) pela Volkswagen Caminhões e Ônibus - para este ano esta prevista a entrega das primeiras 100 unidades. 

Ambos os veículos serão utilizados nas entregas urbanas da empresa com trajetos não superiores a 100 km por dia. 

"As parcerias resultaram em um veículo com tecnologias de ponta que agora poderá ser exportado para outros países e outras empresas", afirmou à Reuters Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de sustentabilidade e suprimentos da Ambev.

Fonte: Reuters