Com preço equivalente a R$ 442.000 ele vai encarar rivais premium como o BMW M340i e o Mercedes AMG C-43

Se você tinha dúvidas sobre quanto a Peugeot iria cobrar pelo seu carro de produção mais potente de todos os tempos, o mistério acabou. O preço oficial do sedã 508 PSE (abreviação de Peugeot Sport Engineered) na Alemanha é de 66.640 euros (cerca de R$ 442.000) e da bela versão perua é de 67.940 euros (cerca de R$ 452.000).

É um preço alto para um Peugeot, que neste patamar, briga com os compradores de modelos como o BMW M340i, o Mercedes-AMG C43 ou ainda o Audi S4. Mas o 508 PSE entra na briga bem preparado, oferecendo 360 cv de potência e 53 kgfm de torque com seu motor 1.6 litro turboalimentado de quatro cilindros (que sozinho produz quase 200 cv de potência) aliado a dois motores elétricos (entregando 110 e 108 cavalos de potência, respectivamente).

Galeria: Peugeot 508 PSE (2020)

De acordo com a Peugeot, isso permite que o 508 PSE acelere de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos e atinja a velocidade máxima de 250 km/h, independentemente do tipo de carroceria. A marca francesa também informa que o carro pode manter a tração nas quatro rodas até velocidades de 190 km/h.

Os motores elétricos são alimentados por uma bateria de 11,5 kWh que pode ser recarregada em menos de 2 horas. A desejada autonomia em modo totalmente elétrico é estimada em 42 km pelo ciclo WLTP e a eficiência de combustível declarada é de 2 litros/100 km, com emissões de CO2 de 46 g/km.

Galeria: Peugeot 508 SW PSE (2020)

Ao lado dos demais modelos da linha o 508 PSE se destaca facilmente, graças ao visual externo mais invocado e que conta com pára-choques dianteiro e traseiro exclusivos, bem como saias laterais, design exclusivo da grade e das rodas de 20" através das quais pinças verdes podem ser vistas. O mesmo verde é usado para destacar duas entradas no pára-choque dianteiro e também é sutilmente aplicado no interior para costuras contrastantes no couro e alguns dos indicadores digitais e gráficos do sistema de informação e entretenimento.

A Peugeot não se esqueceu do interior - uma vez que esta é uma variante 508 cara, o fabricante se esforçou em fazer o seu melhor para fazer o motorista e os ocupantes se sentirem especiais a bordo. O 508 PSE vem com bancos em forma de concha com aspecto bem esportivo, forro do teto na cor preta e o já mencionado destaque em verde. É o suficiente para torná-lo especial? O mercado irá dizer em breve.