O primeiro protótipo do Microlino 2.0 já está pronto e será produzido para a empresa Micro-Mobility

A Micro-Mobility apresentou o Microlino 2.0 em março de 2020 e, desde então, está desenvolvendo o carro bolha elétrico. A apresentação de seu primeiro protótipo e as imagens de sua estrutura mostram que os problemas jurídicos com Artega foram na verdade uma bênção disfarçada: mostram o quão melhor o Microlino 2.0 parece ser.

Se você não se lembra da história, a Micro-Mobility contratou uma empresa italiana chamada Tazzari para produzir o Microlino, e descobriu que a Artega comprou a Tazzari com a intenção de fabricar um concorrente do Microlino chamado Karolino.

Galeria: Microlino 2.0 Prototype

Após meses de batalha judicial, a Micro-Mobility fez um acordo com a Artega que lhe permitia produzir o Karolino, agora rebatizado como Karo, em troca da entrega da produção do Microlino a outro fornecedor. A Cecomp, empresa italiana famosa por construir protótipos e o Icona Vulcano, agora está a cargo do Microlino 2.0.

Eles levaram todo esse tempo para desenvolver o novo e melhorado carro-bolha elétrico, mas parece que valeu a pena. Já dissemos que tem uma calha traseira mais larga - para mais estabilidade - mais espaço e um design mais moderno. Compare abaixo as estruturas da carroceria do Microlino original e do carro que finalmente estará à venda.

Microlino 2.0 Prototype mostra que a produção de setembro está dentro do cronograma

O Microlino abandonou a estrutura tubular que será oferecida pelo Artega Karo e recebeu um monobloco "feito com peças de aço prensado e alumínio" que permitia uma cabine mais segura sem aumento de peso.

O primeiro protótipo ainda carece de algumas das características que a versão final vai oferecer, como uma barra de LEDs sob o para-brisa, mas ainda está confirmado para o carro de produção, e até mesmo para os próximos quatro protótipos que a Cecomp e a Micro-Mobility planeja construir.

Microlino 2.0 Prototype mostra que a produção de setembro está dentro do cronograma

A próxima etapa é a homologação, que a empresa suíça espera concluir até agosto. A Cecomp já estará fabricando carros pré-série para test drives. No cronograma apresentado pela Micro-Mobility, as vendas deveriam começar no dia 21 de setembro. Considerando que o primeiro protótipo estava previsto para ficar pronto até 21 de fevereiro - e já está - não seria surpresa ver o Microlino 2.0 à venda antes disso.

Com um preço de 12.000 euros (R$ 78.300) e uma autonomia de 200 km, o Microlino 2.0 terá provavelmente muita procura nas cidades europeias, especialmente quando comparado com o Artega Karo.

Aparentemente, houve algumas mudanças no plano. Um folheto informa que ainda terá uma edição Karo Intro no valor de 18.483 euros (R$ 120.700) sem IVA e uma edição Karo com um preço de 15.122 euros (R$ 98.700), também sem IVA. Para ser um dos primeiros a comprá-lo, você precisa residir na Alemanha e fazer um depósito de 2.500 euros (R$ 16.300).

A principal diferença diz respeito às entregas. Quando escrevemos sobre o Karo pela última vez, o plano era começar as entregas em abril de 2020. A Artega agora promete o primeiro lote de produção para 2021, mas não especifica quando.