Isso é o que o CEO da empresa disse em uma entrevista recente destacando os lucros com as vendas desse tipo de veículo

A Daimler, que em breve será rebatizada de Mercedes-Benz, anunciou muitos planos para reestruturar seus negócios enquanto caminha para um futuro de zero emissões. É através da marca Mercedes que ela quer continuar a tradição de fazer alguns dos melhores carros de luxo do mundo, mas ao mesmo tempo abraçar a eletrificação.

E mesmo que esteja construindo lentamente uma linha de carros totalmente elétricos com o emblema EQ (bem como versões híbridas plug-in de seus carros existentes), que têm uma alta probabilidade de sucesso, a montadora ainda não está pronta para desistir de seus lucrativos negócios de motores de combustão interna. 

O CEO da empresa, Ola Källenius, falou recentemente ao Financial Times:

"Acho que é muito cedo para dizer com certeza como será o mercado em 2030, mas é nosso trabalho nos colocarmos em posição de lidar com esse mercado. Nosso negócio de motores de combustão é extremamente robusto e produz fluxos de caixa que investimos no futuro."

Galeria: Mercedes-Benz Classe A 250e

Portanto, embora a Mercedes tenha anunciado uma abordagem 'Electric First' para desenvolver futuros modelos (até mesmo um possível carro esportivo elétrico), ela claramente não está pronta para desistir do negócio de motores, simplesmente porque é muito lucrativo. Isso sugere que o fabricante está adotando uma abordagem mais equilibrada para migrar totalmente para carros elétricos, embora outros fabricantes tenham anunciado planos para parar de vender veículos a gasolina e a diesel já em 2030.

Mercedes-Benz EQA - recarga
Novo Mercedes-Benz EQA

A Mercedes existe há mais de um século e, nesse tempo, vendeu quase que exclusivamente veículos a combustão, por isso está profundamente enraizada nessa tradição. Ela se envolveu em testes de motorizações eletrificadas desde 1980, mas só agora é que está finalmente começando a abraçar o que se tornou uma tendência irreversível de tornar todos os veículos elétricos o mais rápido possível. 

Agora que a Tesla entrou em cena e a interrompeu, a Mercedes está adaptando e preparando uma série de carros elétricos, mas está fazendo isso em seu próprio ritmo, sem comprometer as partes de seu negócio que são mais lucrativas.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Galeria: Mercedes-Benz EQA 2021