Sedã esportivo elétrico foi o terceiro modelo mais vendido da marca no acumulado do ano

Repetindo o crescimento de vendas na Europa, a Porsche também comemora bons resultados no Brasil. Durante o primeiro trimestre de 2021 a marca de Stuttgart emplacou 830 unidades no país, um aumento de 2,6% na comparação com o mesmo período do ano passado com destaque para o elétrico Porsche Taycan.  

"Mesmo com todas as dificuldades decorrentes da pandemia neste primeiro trimestre, mantivemos nosso comprometimento com os clientes e parceiros de negócios, estabelecendo um novo recorde", disse Werner Schaal, diretor de Vendas da Porsche Brasil.

"Os resultados consecutivos de crescimento nas vendas são uma prova da motivação de nossos revendedores e colaboradores, bem como da mais pujante linha de modelos que já tivemos: do 911 ao primeiro carro esportivo totalmente elétrico da marca, o Taycan, toda a família Porsche vem fazendo grande sucesso no Brasil", destacou.

Galeria: Porsche Taycan Turbo S (BR)

Ocupando a terceira posição entre os carros mais vendidos da marca, o elétrico Porsche Taycan teve 49 unidades emplacadas em março e 156 no acumulado do primeiro trimestre de 2021. Um feito que permitiu ao sedã cupê elétrico assumir a liderança entre todos os carros elétricos à venda no país, desbancando o Audi e-tron, campeão de vendas em 2020.  

O lançamento mais recente da linha Taycan foi a versão de entrada equipada com tração traseira e um motor elétrico em versões de 326 e 380 cv, dependendo da bateria (com o 'overboost' são 408 e 476 cv, respectivamente). 

Outro modelo que deve ajudar a alavancar as vendas da marca será o Porsche Taycan Cross Turismo, que já está em pré-venda no país com preços a partir de R$ 649.000 e começa a ser entregue no segundo semestre. 

O modelo mais vendido da Porsche continua sendo o 911, com 269 unidades vendidas nos três primeiros meses do ano, seguido pelo Porsche Macan, com 204 emplacamentos no mesmo período. O Porsche Cayenne ficou em quarto lugar, com 100 unidades. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram