Carros elétricos foram destaque na premiação World Car of The Year 2021 disputando em várias categorias

Muitos carros elétricos concorreram no World Car of The Year 2021, e não poderia ser diferente, dada a importância que os modelos de emissão zero estão ganhando no mercado. E quem levou o prêmio de Carro Mundial do Ano 2021 foi o Volkswagen ID.4, que venceu os modelos Honda e e Toyota Yaris. 

O Volkswagen ID.4 é o grande vencedor e, de fato, é realmente um carro mundial, no sentido de que ao contrário do ID.3, que só é vendido na Europa, o ID.4 também será comercializado globalmente, incluindo o Brasil. O SUV elétrico da Volkswagen recebeu a pontuação mais alta de um júri de 93 jornalistas representando 24 países.

Galeria: VW ID.4 1ST

O Volkswagen ID.4 na versão monomotor com seus 204 cv não é exatamente um esportivo, mas a autonomia oficial de 455 a 520 quilômetros (dependendo da versão) está entre os destaques. Lembrando que uma versão esportiva GTX também será apresentada em breve.

Honda e vence entre os carros urbanos

Entre os carros elétricos a bateria está o sucesso do Honda e, que não recebeu o prêmio de maior prestígio, mas ganhou o World Urban Car 2021 à frente de dois híbridos: Honda Jazz e Toyota Yaris.

Dove arrivo con... Honda e

O Honda e venceu o prêmio por qualidades como tecnologia, desempenho, qualidade, dinâmica e, claro, também o design. Além disso, o carro urbano japonês também ficou em segundo lugar no Prêmio de Design, que foi vencido pelo Land Rover Defender, mas que recebeu dois carros de emissão zero no pódio: o Honda e e o Mazda MX-30.

Polestar entre os finalistas de luxo

Além do Honda e, entre os carros elétricos que brilharam no Carro Mundial do Ano 2021, está o Polestar 2, que alcançou o pódio dos Carros de Luxo mas não conseguiu bater o vencedor Mercedes-Benz Classe S.

Polestar 2

No entanto, nenhum carro elétrico ficou entre os finalistas na categoria Carros de Desempenho (vencido pelo Porsche 911 Turbo à frente do Toyota Yaris GR e do Audi RS Q8).

Para se qualificar para o World Car Award, um veículo deve ser vendido em pelo menos dois dos sete continentes por pelo menos um ano. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram