Inaugurada com o ID.4, a linha de carros elétricos esportivos GTX pode contar com o hatch ID.3 no futuro

Rumores de que a Volkswagen estava preparando uma versão quente do ID.3 não são novidade. Na verdade, eles já existem há muito tempo, antes mesmo do carro ser lançado. Eles acabaram morrendo depois que a Volkswagen realmente não mostrou interesse em uma versão 'R' do hatch elétrico, mas agora a especulação está de volta, porém, de uma versão GTX. 

A Volkswagen acaba de lançar a linha esportiva GTX em seu SUV elétrico ID.4, que inclui uma configuração de dois motores com quase 300 cavalos, tração nas quatro rodas e aceleraração de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos. E certamente haverá uma versão GTX do ID.5 (a versão coupé do ID.4), mas até agora nenhuma menção foi feita a um ID.3 GTX.

Galeria: Volkswagen ID.4 GTX (2021)

Klaus Zellmer, o chefe de marketing da VW, foi citado recentemente como tendo afirmado (em relação ao ID.4 GTX) que:

As siglas GT há muito representam o prazer de dirigir. Agora, o X está construindo a ponte para a mobilidade do futuro. Sustentabilidade e esportividade não são mutuamente exclusivas, mas se complementam de forma inteligente.

Zellmer passou a dizer:

Queremos cobrir 70 por cento de nossas vendas de carros novos na Europa com VEs até 2030, então precisamos começar a construir não apenas veículos elétricos, mas também a marca para VEs. A divisão com mais potencial, eu acredito, será a GTX.

E acrescentou:

Queremos oferecer opções que combinem mais possibilidades de condução - um pouco mais potente, motores duplos, o que significa tração nas quatro rodas, uma velocidade máxima ligeiramente superior. É para as pessoas que estão no mercado buscando um algo mais, o ID.4 e, no futuro, o ID.5 GTX é uma boa escolha.

Ele também foi diretamente questionado sobre um possível ID.3 GTX, e deu uma resposta encorajadora (embora não definitiva), dizendo que:

Estamos constantemente procurando possibilidades para sermos consistentes com tudo o que fizemos no passado. Fique tranquilo, estamos investigando isso. Mas ainda não houve uma decisão tomada.

Agora, se a Volkswagen der ao ID.3 GTX sinal verde para a produção, esperamos que ele pegue emprestado o trem de força de motor duplo de 300 cavalos de potência do ID.4 GTX, bem como algumas de suas sugestões de design mais esportivas. Além disso, como o ID.3 é um pouco mais leve que o ID.4 (1.859 kg vs 2.049 kg) e seu centro de gravidade é mais baixo, ele seria mais rápido, com melhor dirigibilidade e frenagem mais eficiente também. Além disso, ficaria abaixo da marca de seis segundos para chegar aos 100 km/h - o ID.4 GTX cumpre a tarefa em 6,2 segundos.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram