A6 e-tron Avant está nos planos e pode atender em cheio a demanda de um segmento importante na Europa

No último Salão Automóvel de Xangai, a Audi revelou um novo conceito que, sem dúvida, dará origem a um modelo de produção. Trata-se do Audi A6 e-tron, na prática o futuro (e belo) sedã elétrico da linha A6. 

Nossos colegas da Autocar conversaram com Johannes Arneth, responsável pela plataforma PPE que serve de base para o Audi A6 e-tron. Ele explicou a decisão do fabricante alemão em batizar este sedã de A6 e não A7, apesar de sua carroceria semelhante a um cupê. 

Galeria: Audi A6 e-tron Concept

Ele também deu a entender que o Audi A6 e-tron provavelmente será lançado também na versão station wagon. O que não é surpreendente, visto que o A6 a combustão está disponível como sedã e também como perua, uma variante que faz muito sucesso na Europa. Portanto, o lançamento de um Audi A6 e-tron Avant faz todo o sentido.  

No futuro, também podemos imaginar uma versão esportiva, uma espécie de Audi RS 6 e-tron. Seria o análogo elétrico da nervosa Audi RS 6 Avant. Como a perua equipada com motor V8, a versão elétrica desenvolveria pelo menos 600 cv de potência.  

Isso não nos parece absurdo porque a marca das quatro argolas revelou que seu A6 e-tron seria impulsionado por dois motores elétricos desenvolvendo uma potência total de 476 cv e 81,5 kgfm de torque. Bastaria ao fabricante substituir apenas um dos dois motores por um eletromotor mais potente para que a potência de 600 cv do Audi RS 6 Avant fosse atingida (ou superada). 

Depois dos SUVs e sedãs, o próximo passo é tornar os carros elétricos mais emocionantes. A Audi lançou o e-tron RS GT, bem como as versões S do e-tron Sportback - o primeiro chega ao Brasil no segundo semestre e o último já pode ser encomendado por aqui.

Enquanto isso, a rival BMW está se preparando para lançar o i4 M e a Mercedes está trabalhando no desenvolvimento da versão AMG do EQS. Um Audi RS 6 e-tron seria bem-vindo, então vamos aguardar por boas novidades.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram