Marca britânica irá reduzir drasticamente suas opções com a chegada da eletrificação

Quem procura um Jaguar de alto desempenho atualmente, tem várias opções de escolha, começando com o E-Pace. Mas daqui a cerca de cinco anos, a montadora britânica pretende oferecer apenas um modelo SUV - o sucessor do I-Pace, que será o único crossover Jaguar a sobreviver à transição da marca para um fabricante exclusivamente de veículos elétricos. 

Isso é o que o novo chefe da Jaguar, Thierry Bollore, confirmou ao site britânico Autocar em uma entrevista recente, acrescentando ainda que a marca vai se reinventar com uma nova linha de modelos que não tenham concorrentes diretos no mercado. Resumindo, a Jaguar seguirá a estratégia de posicionamento da Land Rover, mas oferecerá a seus clientes carros com estilo único.

"Hoje, quando você escuta os clientes, eles veem [um Jaguar], gostam do carro e testam o carro, e ainda vão e compram um Audi ou BMW", Bollore explica a natureza do problema. "Esse é o problema. As pessoas compram os originais, então. Não somos os originais. Temos que conseguir um posicionamento da Jaguar muito diferente, mais alto e mais original."

Galeria: Jaguar I-PACE 2021

Estamos impressionados com a sinceridade com que o atual chefão da Jaguar fala sobre a estratégia atual da marca e, na verdade, não é a primeira vez que ouvimos Bollore falar sobre os problemas nem sempre comentados. Há alguns meses, ele admitiu que a qualidade dos produtos da Jaguar está custando pelo menos 100.000 vendas anuais e que “melhorias dramáticas” seriam necessárias para corrigir isso.

A maior e mais importante tarefa da Jaguar nos próximos anos será ter acesso a uma plataforma para veículos elétricos que se encaixe em sua nova estratégia. Por enquanto, não se sabe se a montadora contará com uma arquitetura desenvolvida internamente ou se irá adquirir uma estrutura de outra empresa. Enquanto isso, a atual geração de SUVs da empresa continuará sendo atualizada até o final de seu ciclo de vida, quando serão excluídos de forma definitiva.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram