A Enel X Brasil inicia este mês a operação dos seus primeiros ônibus elétricos no Brasil. A divisão do Grupo Enel dedicada a soluções em energia anunciou uma parceira com a Prefeitura do Rio de Janeiro em um programa que irá oferecer passeios turísticos pelas principais atrações culturais do bairro de Madureira, na Zona Norte da cidade.

Produzidos pela BYD, estes são os primeiros ônibus elétricos a circular pela cidade do Rio de Janeiro e fizeram a viagem inaugural do programa Verão Verde na última sexta-feira (05/11), Dia Nacional da Cultura.

"A Enel X é líder em mobilidade elétrica na América Latina e colaborou para a transição energética da frota de importantes cidades, como Santiago e Bogotá. É emblemático para a empresa participar desse momento histórico também para o Rio de Janeiro, uma cidade que está sempre na vanguarda e funciona como referência para todo o país.

A entrega para a Prefeitura do Rio é uma demonstração do nosso modelo de negócios. Promover a descarbonização dos centros urbanos, trazendo benefícios para toda a sociedade, é um dos principais objetivos da empresa", destacou o Carlos Eduardo Cardoso, diretor da Enel X.

onibus eletrico byd enel x rio de janeiro (2)

O tour cultural percorre 10 km em aproximadamente 60 minutos, visitando locais como o Mercadão de Madureira e as escolas de samba Portela e Império Serrano. O início e o fim do trajeto são na Arena Carioca Fernando Torres, em uma das entradas do Parque Madureira. As viagens vão acontecer a partir do dia 13 deste mês, sempre aos sábados e domingos, pela manhã e à tarde.

A Enel X foi escolhida como provedora do serviço após convocação pública realizada pela Prefeitura e será responsável pela operação, manutenção e custo de recarga da frota que integra o programa Verão Verde.

Ao todo, serão quatro veículos em operação, entre elétricos e a gás. Os três veículos elétricos utilizados no circuito cultural de Madureira virão equipados com carregadores de aparelhos de celular.

Além disso, a Enel X também será responsável pela instalação da infraestrutura de recarga para os ônibus, além da seleção e treinamento dos condutores dos veículos. Cada ônibus 100% elétrico evita, em média, a emissão de 118,7 toneladas de CO2 ao ano na atmosfera, o equivalente ao plantio de 847 árvores por veículo (Considerando 72.000 km rodados/ano).