E a BYD continua mantendo seu ritmo de novidades. No mês passado, o conceito Ocean-M, apresentado no Salão de Pequim, se transformou no Seal X. Agora, a imprensa chinesa confirma o nome Seal 06GT, enquanto um protótipo de testes aparece pela pela primeira vez sem camuflagem, mas com emblemas escondidos. 

Tudo indica que o Seal 06GT foi projetado com foco na exportação, principalmente para o mercado europeu. As vendas na China, no entanto, terão início no terceiro trimestre deste ano, deixando a missão internacional para o começo de 2025. 

Integrando a nova geração da linha Ocean, o Seal 06GT utiliza a plataforma e-platform 3.0 EVO, que estreou no Seal Lion 07, uma versão aprimorada da arquitetura dedicada da BYD lançada em 2021. 

Os clientes poderão escolher entre versões com um ou dois motores elétricos. A versão com motor único possui 160 kW (218 cv), provavelmente no eixo traseiro. Já a versão de dois motores adiciona uma unidade mais potente na traseira (200 kW / 272 cv) e outro na dianteira (110 kW / 150 cv). As opções de bateria incluem pacotes de 59,52 kWh e 72,96 kWh. Para a versão com motor único, isso significa autonomia de 505 km ou 605 km (ciclo chinês CLTC), dependendo do tamanho da bateria. A versão de dois motores só estará disponível com a bateria maior e terá alcance de 550 km. 

Com 4.630 mm de comprimento, o Seal 06GT se destaca como um hatch relativamente espaçoso. A largura é de 1.880 mm, a altura de 1.490 mm e o entre-eixos de 2.820 mm. O BYD Seal 06GT se posiciona como um hot-hatch elétrico, ocupando um lugar na linha Ocean entre o Dolphin e o Seal. As rodas aro 18 ou 19 polegadas e o spoiler traseiro bipartido remetem ao Seal Lion 07.

Uma foto do interior, apesar da baixa qualidade, revela semelhanças com o sedã elétrico Seal. O ambiente é claro, com tons de azul e tema náutico. Uma central multimídia flutuante (provavelmente giratória) domina o painel, complementada por um painel de instrumentos digital, bancos esportivos integrados e volante esportivo de três raios com base achatada.

Segundo o site CarNewsChina, o preço estimado varia entre 150.000 e 200.000 yuans (aproximadamente R$ 112.000 a R$ 150.000). As vendas na China começarão em algumas semanas, enquanto a exportação provavelmente só terá início no início de 2025, como dito anteriormente. 

Destaques:

  • Plataforma e-platform 3.0 Evo: mais segura, eficiente e inteligente.
  • Versões com um ou dois motores elétricos, com potência de até 310 kW (421 cv).
  • Baterias de 59,52 kWh e 72,96 kWh, com autonomia de até 605 km (ciclo chinês CLTC).
  • Design esportivo e moderno, com spoiler traseiro bipartido e teto 'flutuante'.
  • Interior sofisticado com central multimídia flutuante, painel digital e bancos esportivos.
  • Lançamento na China previsto para o terceiro trimestre de 2024.
  • Exportação planejada para o início de 2025.