A estréia oficial acontecerá no dia 30 de junho

  • Novo Citroën e-C4 terá a missão de substituir de uma vez o C4 e o C4 Cactus
  • Hatchback será produzido sobre a plataforma e-CMP da PSA

A Citroën segue firme com a eletrificação da frota. Poucos dias após anunciar a estreia do seu inédito carro elétrico Citroën e-C4, a marca francesa agora nos mostra as primeiras imagens oficiais dos novos C4 e e-C4 2020 que terão a missão de substituir o C4 hatchback e, principalmente o crossover C4 Cactus.

O novo Citroën e-C4 é parte do plano de 'Push To Pass' da PSA, que tem como meta uma gama de 40 veículos elétricos ou eletrificados em 2025. Ele será desenvolvido na nova plataforma e-CMP, a mesma arquitetura que é compartilhada com os modelos Opel Corsa-e, Peugeot e-208, e-2008 e DS3 Crossback e-Tense.

Galeria: Citroën C4 e e-C4 (2020)

O visual é uma mistura de estilos que a Citroën prefere chamar de hatchback, talvez por questões de mercado, mas que na verdade tem uma forte influência meio crossover, meio cupê. Em comunicado, a marca explicou um pouco sobre o estilo do e-C4: 

"Representa um novo conceito de design no coração do seu segmento, com uma identidade única e arrojada. Com sua postura elevada e assertiva, a forma do corpo combina a elegância e o dinamismo de um hatchback enquanto adota sutilmente certas características de SUV para maior resistência e caráter. Aerodinâmico e fluente, ele ecoa as marcas registradas da Citroën, trazendo uma nova expressão de estilo à linha."

Acreditamos que ele deva utilizar o mesmo conjunto propulsor de outros modelos do grupo: um motor elétrico de 100 kW (136 cv) com 26,5 kgfm de torque máximo alimentado por uma bateria de íon de lítio de 50 kWh. Em termos de autonomia, espere por algo em até 310 km com uma única carga de acordo com o padrão WLTP.

O novo Citroën e-c4, fará sua estréia mundial no próximo dia 30 de junho em um evento on-line onde o design e todas as informações serão finalmente revelados.