Conceito de marca da GM antecipa visual e futuro elétrico

A Buick fez um anúncio surpresa no Salão de Pequim 2020 revelando o conceito Electra. Embora o estudo carregue um nome icônico do passado da marca, este novo projeto não tem nada a ver com o modelo original. A prévia do Electra Concept de hoje é a nova linguagem de design minimalista da marca e seus fundamentos que indicam o futuro dos carros elétricos da empresa.

À primeira vista, o Electra parece uma interpretação mais elegante e esportiva do conceito Enspire 2018 da mesma montadora. No entanto, dá um passo além, misturando a aparência de um crossover de quatro lugares com um elegante GT. A Buick diz que a inspiração para o design do Electra veio de uma cápsula espacial, que homenageia a aparência inspirada na corrida espacial do Electra original. Mas é aí que as semelhanças terminam.

Galeria: Buick Electra Concept

A Buick chama sua nova linguagem de design de "Potential Energy", que a montadora diz que parece "uma flecha sendo lançada". O Electra tem um capô longo, frente vertical, para-brisa e teto inclinados e uma traseira estilizada. Enquanto a dianteira apresenta faróis afilados, uma grade estreita e DRLs com um design selvagem, ainda mantém a essência Buick. Rodas 23", um emblema do Buick iluminado e aquelas portas de borboleta malucas ajudam a dar a presença de crossover elegante.

O tema minimalista na parte externa também se transfere para a cabine. A Buick diz que o Electra tem um habitáculo "parecido com uma nave espacial" devido à falta de um painel de instrumentos tradicional. Em vez disso, os passageiros veem uma grande tela curva que fica acima do volante retrátil para uma condução autônoma, mas os clientes não devem esperar tal tecnologia tão cedo de qualquer fabricante de automóveis. Os bancos suspensos ajudam a completar a aparência esparsa e arejada do interior.

Duvidamos que qualquer modelo que este conceito antecipe seja assim; no entanto, sua tecnologia e powertrain podem se tornar uma realidade. O conceito Electra apresenta dois motores elétricos - um em cada eixo - enquanto é conduzido pelo sistema de propulsão elétrica modular de nova geração da GM. O crossover utiliza baterias Ultium que garantem mais de 600 km de autonomia. A potência máxima é de 591 cv, que, de acordo com Buick, impulsiona o Electra de zero a 100 quilômetros por hora em 4,3 segundos.

O conceito Electra está repleto de tecnologia, muitas das quais pudemos ver em outros modelos Buick e GM. O Electra é capaz de receber atualizações on the air, por exemplo, como o novo Cadillac Escalade 2021. A Buick também afirma que o crossover apresenta um assistente de voz inteligente IA e tecnologias de comunicação V2X (veículo para rede).