Hyundai apresenta o seu terceiro veículo elétrico para o mercado chinês no Salão de Guangzhou

Exclusivo para o mercado chinês, o sedã médio Hyundai Mistra chega à segunda geração trazendo um visual um tanto controverso e novidades importantes como a inédita variante 100% elétrica Mistra EV, que foi apresentada ao público no Salão de Guangzhou neste fim de semana. 

Posicionado entre o Elantra e o Sonata, o Hyundai Mistra, agora também elétrico, sofreu modificações extensas no design. Em termos de visual externo, o sedã aposta na nova linha de design da marca coreana, já vista no novo Creta, e tem como destaques a ampla entrada de ar fechada e decorada com acabamentos cromados que percorrem a dianteira. 

Galeria: Hyundai Mistra EV

O emblema exclusivo pure electric também está estampado na parte superior do acabamento cromado. Uma das principais características desse estilo ousado está nos faróis divididos, com formato estreito e longo, em um design que pode parecer estranho no ocidente mas é muito apreciado pelos chineses.

Enquanto a lateral é mais tradicional e ostenta uma linha de cintura alta e rodas exclusivas de cinco raios, a traseira se destaca pelas lanternas verticais que avançam discretamente pela tampa do porta-malas e possuem uma barra de interligação.

Hyundai Mistra EV

Já o interior transmite um ar mais futurista com acabamento em tons claros, traz um volante com base achatada e chama a atenção por uma enorme tela no painel que integra o quadro de instrumentos e os sistemas de entretenimento e informação. 

Em termos de propulsão, o Hyundai Mistra EV está equipado com um motor elétrico de 135 kW (183 cv) de potência e 31,6 kgm de torque máximo. A velocidade máxima é de 165 km/h enquanto a bateria de 57 kWh garante autonomia de 520 km pelo ciclo NEDC, um padrão mais otimista - na prática deve ficar entre 400 e 450 km com uma carga.  

O novo sedã médio é o terceiro modelo 100% elétrico da Hyundai no país e tem previsão de chegada ao mercado para o primeiro trimestre de 2021. Os preços ainda não foram divulgados. 

Fonte: AutoHome