Matriz chinesa fez um novo anúncio com relação à produção local no país vizinho

Enquanto acelera investimentos e aposta na linha Tiggo por meio da Caoa-Chery no Brasil, a Chery anunciou recentemente planos para produzir carros elétricos na Argentina. Na verdade, trata-se do terceiro anúncio do tipo, mas ganha peso porque desta vez foi feito na própria China e refere-se pela primeira vez à produção de elétricos. 

Segundo nos relata o Argentina Autoblog, já houve dois anúncios semelhantes no país vizinho, ambos feitos pelo empresário Franco Macri, falecido em 2019: o primeiro em 2008 para instalar uma fábrica da Chery na província de Buenos Aires e em julho de 2009 uma fala semelhante, mas desta vez na província de Chaco - a empresa fundada por Macri, o Grupo Socma, continua sendo o representante oficial da Chery na Argentina.

Galeria: Chery eQ5 - SUV elétrico

No entanto, este novo anúncio tem conotação diferente dos anteriores e foi feito pelo próprio presidente da Chery Internacional, Yin Tongyue, em Anhui, na China. No entanto, o executivo não deu muitos detalhes sobre valores a serem investidos, local de produção ou mesmo quais carros elétricos seriam produzidos no país sul-americano. 

Chery eQ1 3.4 traseira
Subcompacto elétrico Chery eQ1

Presente na Argentina desde 2008, a Chery comercializa por lá os modelos QQ, Arrizo5, Tiggo2, Tiggo3, Tiggo4 e Tiggo5 em um portfólio um pouco diferente do que é disponibilizado pela Caoa Chery aqui no Brasil, que cortou o subcompacto e aposta mais em SUVs. 

Do outro lado do mundo, a Chery está levando a eletrificação a sério na China, onde criou a divisão Chery New Energy, focada em carros elétricos e tecnologias relacionadas, como a condução autônoma. Atualmente, os modelos 100% elétricos disponíveis por lá são o subcompacto EQ1, o sedã EQ2 e o SUV médio EQ5 - em breve essa linha será ampliada. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Fonte: Autoblog Fotos: AutoHome

Galeria: Chery eQ1 - China