O novo Renault Megane elétrico já está à venda na Europa. Apresentado de forma oficial em setembro, o carro elétrico da marca francesa terá a missão de brigar no segmento mais competitivo de veículos elétricos e surpreendeu positivamente pelo preço acessível para os padrões praticados no Velho Continente. 

Tomando como exemplo o bem sucedido Volkswagen ID.3, um modelo que, inclusive, já foi apresentado no Brasil, mas ainda não recebeu o sinal verde da marca alemã para ser comercializado por aqui, o novo Megane se mostra competitivo, principalmente na versão de entrada. 

Renault Megane E-Tech 2021 - Fotos ao vivo
Renault Megane E-Tech 2021 - Fotos ao vivo
Renault Megane E-Tech 2021 - Fotos ao vivo

Custando oficialmente a partir de 35.200 euros (R$ 227.600) na versão de entrada equipada com um motor elétrico de 130 cv e uma bateria de 40 kWh, o Megane elétrico sairá na prática por 29.200 euros (R$ 188.800), graças aos incentivos e bônus ecológicos praticados na França, local onde é produzido.  

É um valor competitivo frente ao rival da Volkswagen, que começa em 33.300 euros já considerando os incentivos. No entanto, o ID.3 de entrada tem a vantagem de ser equipado com uma bateria maior, de 58 kWh. 

Renault Megane E-Tech Electric

Um degrau acima está a versão EV60, equipada com um motor elétrico de 218 cv e uma bateria de 60 kWh, com preço partindo de 34.200 euros (R$ 221.200) com os incentivos. Nessa faixa, o ID.3 equivalente (com motor de 204 cv e bateria com de 58 kWh), custa 34.900 euros, ficando mais próximo do carro elétrico francês.

De acordo com a Renault, em ambas as opções de trem de força, o Mégane elétrico pode acelerar de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e tem autonomia de 300 km na versão de 30 kWh e até 470 km nos modelos com 60 kWh, sempre pelo padrão WLTP. 

Medindo 4,21 metros de comprimento, 1,78 metro de largura e 1,50 metro de largura, o Megane elétrico tem dimensões compactas, mas se destaca pelo entre-eixos de 2,70 metros, próximo de veículos maiores. O interior chama a atenção pelo grande quadro de instrumentos digital com tela  de 12,3" e alta resolução, sistema de informação e entretenimento com tela de 9" (12" opcional). 

O lançamento do Megane E-Tech é crucial para a Renault e parte da nova fase de eletrificação da marca francesa, que em um futuro próximo terá boas novidades como os renascidos Renault 5 e Renault 4 totalmente elétricos.