Carrinho urbano poderia ser feito na mesma base do novo 500 elétrico

A Fiat presta homenagem ao compacto 500 há um bom tempo, e apenas recentemente a empresa resolveu lançar uma versão elétrica em uma plataforma completamente nova, com o conhecido design retrô. É um bom olhar, mas todos os fãs nostálgicos da Fiat também lembram automaticamente de uma pequena lenda: o Fiat 126.

Mais de 4,7 milhões de exemplares do sucessor do "Novo 500" foram feitos entre 1972 e 2000. Especialmente na Polônia, onde o 500 "normal" é produzido hoje, o 126 se tornou um mito. Como "Maluch" (anão), ele mobilizou as massas lá. 

Desde o início, a Fiat construiu o 126 de 26 cv em Bielsko-Biala na Polônia, mais tarde em Tychy, e em 1979 a produção na Itália foi interrompida. Mesmo lá, o "Bambino" ainda é um culto, também na ex-Iugoslávia, onde os 126 saíram da linha de montagem em Zastava. 

Então, por que não aproveitar o grande número de fãs do pequeno 126 e projetar uma nova edição? A moderna plataforma elétrica oferece uma oportunidade perfeita. A VW já está dando exemplos com o ID.Buzz, com a aparência da velha Kombi e o ID.Buggy Concept. Modelos que você deseja são possíveis em uma única plataforma flexível.

Renderizações do FIAT 126

Vamos dar uma olhada no Fiat 500 Electric: com 3,61 metros de comprimento, as baterias oferecem 42 kWh de capacidade, o que é suficiente para uma autonomia de cerca de 320 quilômetros. Analogamente a ele, nosso designer gráfico considerou como seria um "Novo 126". E só podemos dizer: o resultado parece maravilhoso. Muito simples, sem frescuras, quase um Tesla para a cidade. No entanto, o clássico 126 é visível, por exemplo, com as típicas colunas C.

A polêmica objetividade do Fiat 126 com sua dianteira sem frescuras faria uma nova edição elétrica parecer deslumbrante. A Fiat também poderia reduzir o preço e as especificações do 126 Electric para evitar canibalismo com o 500 Electric.

Renderizações do FIAT 126

Vejamos o VW e-Up como exemplo: capacidade da bateria de 32,3 kWh, autonomia de mais de 200 quilômetros e preço em torno de 20.000 euros. Um carro elétrico bonito e acessível para a cidade estaria pronto. Afinal, a Fiat deve pensar nisso: quanto mais veículos você produzir na nova plataforma elétrica, mais lucrativa ela será.  

E fomos ainda mais longe: no caso de uma fusão entre Fiat e PSA, possíveis sucessores do Peugeot 108 e Citroën C1 poderiam tecnicamente atracar no "New 126". Então: Fatti coraggio, Fiat! 

Galeria: Fiat 126 Electric