Atividade na Fábrica Transparente da Volkswagen na Alemanha custa o equivalente a R$ 1.270

  • Visitantes da Transparent Factory podem participar da montagem do e-Golf
  • Por 250 euros (R$ 1.270), atividade inclui ainda visita guiada à área de produção e exposição 

Como informamos há cerca de um mês, o e-Golf deve ficar em linha um pouco mais do que o previsto, e nesse tempo a Volkswagen anunciou uma nova experiência para quem visitar a chamada Fábrica Transparente, onde o modelo é produzido na Alemanha. 

Chamada de Mach-Mit, a atividade oferecida aos visitantes da Fábrica Transparente da Volkswagen em Dresden, oferece a oportunidade de acompanhar e até mesmo ajudar no processo de montagem do e-Golf em até cinco seções diferentes da fábrica. É claro, tudo com a supervisão de funcionários da Volkswagen.

Galeria: Volkswagen - produção do e-Golf

Entre as possibilidades para os visitantes estão, por exemplo, anexar o logotipo do e-Golf, fazer a conexão do trem de força com a carroceria ("casamento"), a instalação das lanternas e a montagem do radiador e da grade do radiador dianteiro com o emblema da marca. A partir de 2021, a atividade deverá se estender também ao novo ID.3, produzido na mesma fábrica.

Arnd Meyer-Clasen, chefe de vendas da Volkswagen disse: "The Transparent Factory é a vitrine da mobilidade elétrica da Volkswagen. Com o e-Golf, estamos produzindo o veículo elétrico mais vendido da Alemanha em 2020, e estamos mostrando aos clientes, visitantes e convidados o que amanhã meios de mobilidade para a Volkswagen."

Por 215 euros (R$ 1.270) a experiência Mach-Mit inclui também uma visita guiada à área de produção e exposição e pode ser agendada no site local da Volkswagen. A atividade dura cerca de 2 horas e 30 minutos e o número de participantes é limitado a um máximo de quatro visitantes por grupo, que devem obedecer as regras de distanciamento e higiene. 

2020: Ano-chave da ofensiva elétrica

Crucial para a Volkswagen, o ano de 2020 representa o grande passo rumo à eletrificação com as primeiras entregas do ID.3 em setembro, o primeiro carro da marca projetado desde o início para ser elétrico. Ainda neste ano, começa a produção em série do SUV elétrico ID.4 na fábrica de Zwickau. 

O plano da marca é alcançar os principais segmentos do mercado com os veículos feitos sobre a plataforma MEB até 2022. Em termos de vendas, a Volkswagen tem como meta colocar no mercado ao menos 1,5 milhão de carros elétricos até 2025.

Fonte: Volkswagen

Galeria: Volkswagen e-Golf