SUV elétrico terá o sistema Active Drive Assist, mas somente em 2021

  • Ford Mustang Mach-E será equipado com o sistema Active Driver Assist
  • Todavia, o piloto automático avançado só estará disponível no fim de 2021

A Ford anunciou que pretende equipar o futuro crossover elétrico Mustang Mach-E com o Active Drive Assist, o avançado piloto automático que permitirá aos motoristas soltar o volante por um longo tempo. Uma característica do sistema é a câmera interna para monitorar a posição da cabeça do motorista e a direção do seu olhar.

O sistema é "hands-free", ou seja, permite a condução sem que o motorista toque o volante. Todavia, quando as condições do tráfego exigirem, o assistente emitirá um alerta para o motorista assumir o controle. Além disso, o piloto automático também pode solicitar a intervenção do condutor caso a automação falhe.

Galeria: Ford Active Drive Assist

Atualmente, apenas a General Motors oferece um piloto automático que permite que você não mantenha constantemente as mãos no volante. No entanto, em carros GM, a câmera da cabine não está envolvida nesse processo e o acompanhamento do tráfego permanece sob responsabilidade do motorista.

Nos carros da Tesla, cujo piloto automático é considerado um dos mais avançados, não é possível tirar as mãos do volante por muito tempo. Por outro lado, o sistema está pronto para executar por conta própria uma série de manobras automáticas.

As entregas do Ford Mustang Mach-E deveriam começar no final de 2020, mas a empresa adiou o lançamento do modelo para o início de 2021 devido à pandemia de coronavírus. Ao mesmo tempo, o Active Driver Assist não estará disponível imediatamente, mas apenas no terceiro trimestre de 2021 após a atualização do software do carro elétrico.

Galeria: Ford Mustang Mach-E (Europa)