Marca alemã quer se colocar na vanguarda de carros elétricos de luxo

  • Futuro Audi A9 e-tron será a vitrine tecnológica e de eficiência da marca alemã
  • Sedã elétrico terá perfil esportivo e porte similar a um Audi A7

Há pouco mais de um mês, a Audi revelou o projeto Artemis, que trabalharia no desenvolvimento de um novo carro elétrico altamente eficiente e diferente de todos os modelos disponíveis na gama atual. Agora, o site inglês Autocar publicou uma matéria onde revela mais detalhes deste projeto, que dará origem ao Audi A9 e-tron.

Conhecido internamente pelo código E6, o A9 e-tron ainda está em seus primeiros estágios de desenvolvimento. Ele será um sedã elétrico com proposta esportiva e dimensões externas próximas ao de um Audi A7, mas com interior amplo o suficiente para ser mais espaçoso que o A8, o atual topo de gama da marca premium alemã.

Galeria: Audi Aicon Concept

Baseado no carro-conceito Aicon, apresentado no Salão de Genebra de 2017, o novo sedã elétrico deve incorporar tecnologias que estão sendo desenvolvidas pelo grupo Volkswagen como a condução autônoma, baterias de estado sólido e conectividade 5G. Ele será o carro-chefe da marca em termos de tecnologia, eficiência e eletrificação e chegará ao mercado em 2024.

Tudo indica que o futuro Audi A9 e-tron será construído na plataforma PPE, que a marca alemã está desenvolvendo em conjunto com a Porsche. Entre os rivais estarão modelos como os futuros Mercedes-Benz EQS, BMW i7 e também o sucessor elétrico do Jaguar XJ.

Artemis

O time Artemis tem como objetivo criar veículos elétricos equipados com sistemas de direção altamente automatizados e outras tecnologias de forma mais rápida - a Audi quer se tornar mais competitiva e recuperar a sua reputação de liderança técnica, tendo condições de implementar recursos tecnológicos com a mesma agilidade e descentralização que a Tesla, por exemplo. 

Fonte: Autocar