O protótipo é baseado no Mustang Mach-E e foi desenvolvido pela Ford Performance em colaboração com a RTR Vehicles

  • Carro de corrida com sete motores elétricos e bateria de ultra-alto desempenho 
  • O protótipo é baseado no Mustang Mach-E e foi desenvolvido pela Ford Performance em colaboração com a RTR Vehicles
  • O Mustang Mach-E 1400 deve estrear em uma corrida da NASCAR em breve. 

Pouco tempo após revelar o Mustang Cobra Jet 1400, em março, a Ford apresenta nesta terça-feira (21) o Mustang Mach-E 1400. Trata-se de um protótipo único de um carro de corrida totalmente elétrico, com impressionantes 1.419 cv de potência extraídos de sete motores elétricos.

Baseado no Mustang Mach-E GT, o protótipo foi desenvolvido pela Ford Performance em parceria com a RTR Vehicles e não terá uma versão de produção. De acordo com a Ford, foram investidas 10.000 horas de trabalho para o desenvolvimento do Mustang Mach-E 1400, que tem como missão acabar de uma vez com as dúvidas sobre até onde vai o desempenho de um carro totalmente elétrico - os criadores o definem como um "foguete de pista". Ele poderá participar de eventos como a NASCAR além de encarar os populares drifts.

Galeria: Ford Mustang Mach-E 1400 (2020)

7 motores elétricos

A propulsão elétrica do Mustang Mach-E 1400 consiste em sete motores elétricos: três no eixo dianteiro e quatro na traseira - combinados eles entregam 1.419 cv de potência. Um eixo de conexão conecta os motores aos diferenciais, que por sua vez podem ser adaptados às diversas aplicações. O conjunto é alimentado por uma bateria de 56,8 kWh com refrigeração líquida. 

"O desafio era controlar o desempenho extremo dos sete motores", disse Mark Rushbrook, diretor de automobilismo da Ford Performance.

"O Mustang Mach-E 1400 é um projeto de farol tecnológico para nós, o vemos como uma vitrine para o desempenho de veículos elétricos, que geralmente é subestimada".

A dinâmica do Mustang Mach-E 1400 foi bastante otimizada, com foco em elementos como aerodinâmica, refrigeração, asa dianteira e spoiler traseiro. O chassi e o trem de força foram projetados para permitir que a equipe explore diferentes layouts com a potência sendo distribuída entre os eixos dianteiro e traseiro.

O 'foguete' conta ainda com frenagem regenerativa em combinação com ABS e controle de estabilidade. Além disso, o Mustang Mach-E 1400 possui o mesmo sistema de freios Brembo que o carro de corrida Mustang GT4.

"Agora é o momento perfeito para usar veículos de corrida totalmente elétricos"

Ron Heiser, engenheiro-chefe do programa, Mustang Mach-E, explica:

"Agora é o momento perfeito para usar carros de corrida totalmente elétricos. Sob condições de competição, podemos obter conhecimento que posteriormente fluirá para nossos veículos da série. Este protótipo Mustang Mach-E 1400 totalmente alimentado por bateria será tão divertido quanto qualquer outro Mustang antes, mas graças à experiência tecnológica da Ford Performance e RTR, ele despeja uma grande quantidade de energia extra no asfalto."

A Ford está investindo mais a vultosa quantia de US$ 11,5 bilhões para a eletrificação da frota no mundo inteiro. O Mustang Mach-E totalmente elétrico está à frente de uma gama planejada de um total de 18 modelos Ford eletrificados, que a empresa lançará na Europa até o final de 2021.