Pré-produção do sedã elétrico deve começar a partir de setembro

  • Fábrica da BMW em Munique irá interromper a produção entre julho e setembro 
  • Unidade está sendo adaptada para a produção do sedã 100% elétrico BMW i4

Com a aproximação da estreia da versão final, os preparativos para a produção do carro elétrico BMW i4 começam a tomar forma. Em comunicado, a marca alemã diz que a fábrica de Munique, na Alemanha, irá interromper temporariamente a produção entre 23 de julho e 7 de setembro para adaptar a unidade para a produção do novo sedã.   

Nesse tempo nenhum modelo será produzido no local. A BMW irá utilizar o período para implementar diversas modificações estruturais antes que o 100% elétrico BMW i4 entre em produção em 2021.

Galeria: BMW Concept i4 2020

"Nós estamos acelerando a fábrica de Munique em direção ao futuro. Uma vez que esta remodelação estiver finalizada, seremos capazes de produzir veículos movidos a diesel, gasolina e híbridos, além do 100% elétrico BMW i4, todos em uma mesma linha. Isto nos dará uma capacidade de responder rapidamente à demanda dos consumidores", afirma o diretor da fábrica Roberto Engelhorn.

De acordo com a marca alemã, a integração do sistema de produção para o carro elétrico BMW i4 será um grande desafio. No entanto, cerca de 90% dos sistemas de produção existentes usados na oficina podem ser integrados e habilitados para a produção do futuro sedã elétrico - apenas 10% dos equipamentos exigirão a instalação de novos sistemas.

O componente que demanda mais modificações na linha é a bateria de alta tensão que será usada pelo modelo. "Estas estruturas tornam a remodelação na planta particularmente desafiadora. Antigos sistemas precisam ser removidos e novos serão instalados e habilitados, tudo isso em apenas seis semanas. Para isso foi necessário um planejamento meticuloso e muita criatividade", afirma Engelhorn.

Nesta unidade também são produzidos os modelos BMW Série 3, versões Sedan e Touring – ambos com motores de combustão e transmissão híbrida – que passarão a dividir a linha de produção com o novo BMW i4.

Revelado como conceito no início do ano, o BMW i4 promete ser um dos carros mais potentes da marca com um motor de estimados 530 cv de potência e 82,9 kgfm de torque máximo. Os dados revelados na época da apresentação do protótipo indicam ainda que o sedã elétrico terá autonomia de até 600 km, graças ao conjunto de baterias de 80 kWh que. O tempo de aceleração de 0 a 100 km/h ficará em "aproximadamente 4 segundos", enquanto a velocidade máxima será "acima de 200 km/h". 

Fonte: BMW