Diretor de vendas da marca revelou o perfil dos compradores do hatchback elétrico

  • Volkswagen ID.3 tem compradores que em sua maioria não clientes fiéis da marca
  • Hatchback elétrico já teve mais de 37.000 pedidos até o momento

Desde o início das vendas oficiais, a Volkswagen já comercializou mais de 37.000 exemplares do carros elétrico ID.3 na Europa, disse Jürgen Stackmann, diretor de vendas da empresa, ao Financial Times. Ao mesmo tempo, veio o anúncio de que o início das entregas foi novamente adiada - desta vez para outubro de 2020.

Shtakmann falou também sobre quem está comprando o ID.3. Assim, a idade média dos compradores de modelos Volkswagen a gasolina e a diesel na Europa é de 58 anos e os compradores do hatchback elétrico são em média 10 anos mais jovens. Em grande parte homens com ensino superior. Eles vivem em cidades e condomínios afastados dos centros, mas não em áreas rurais. Para a maioria deles, o ID.3 será o segundo carro da família.

Galeria: Volkswagen ID.3 1ST (2020)

Curiosamente, 85% dos compradores de hatch elétrico nunca tiveram um Volkswagen antes. Ao mesmo tempo, no caso do Golf a gasolina, a participação de clientes fiéis é de 85%. Em outras palavras, os clientes fiéis da Volkswagen não têm pressa em comprar um novo produto, mas aqueles que nem sequer olharam para os carros da marca alemã estão dispostos a comprá-lo.

Apesar do atraso no início das entregas, a Volkswagen espera vender de 60 a 70 mil unidades do carro elétrico até o final do ano. Aparentemente, a produção começou no prazo, mas o software não estava pronto. Assim que for solucionado, os carros elétricos que já foram vendidos serão atualizados e entregues aos clientes.

Galeria: Volkswagen ID.3 - versões e cores