Clientes corporativos e pessoas físicas poderão alugar veículos zero emissões

Em mais uma iniciativa para ajudar a difundir a mobilidade elétrica no Brasil, a empresa de energia EDP e a segunda maior locadora de veículos do país, a Unidas, fecharam uma parceria para lançar sua primeira frota de carros elétricos para aluguel. 

A Unidas ficará responsável pela locação dos veículos enquanto a EDP irá a fornecer a infraestrutura necessária para os clientes como a instalação e fornecimento de carregadores elétricos personalizados e também sua manutenção e controle além da oferta de energia, onde a empresa poderá ainda oferecer a venda e instalação de painéis de energia solar.  

“Queremos reafirmar nosso propósito em oferecer o portfólio de soluções em mobilidade veicular mais completo do mercado, levando eficiência e melhores experiências para pessoas e empresas”, afirma Breno Davis, head de Terceirização de Frotas da Unidas. 

“A oferta destes carros elétricos reforça nosso compromisso em ouvir nossos clientes, atender suas necessidades e disponibilizar uma frota moderna e flexível, atuando como um vetor de mobilidade no setor”, acrescenta o executivo, que exalta ainda a importância ambiental da iniciativa: “recentemente conseguimos neutralizar 100% da emissão de CO2 da nossa frota, resultado do nosso engajamento em tornar o mundo um lugar melhor, especialmente para as futuras gerações”, destaca Breno.

Com início em outubro, a primeira fase do projeto contará com a oferta de 100 carros totalmente elétricos que poderão ser alugados por empresas e pessoas físicas nas cidades de São Paulo, Brasília e Curitiba. A expectativa dos parceiros é que essa frota chega a 600 carros em 2021.

Essa iniciativa tem como objetivo a uma demanda cada vez maior por mobilidade zero emissões e clientes corporativos que podem reduzir o custo com combustível e manutenção em caso de longas distâncias percorridas. 

“A adoção das frotas elétricas traz uma série de vantagens para os clientes, que têm a possibilidade de reduzir custos ao mesmo tempo que dão sua contribuição para melhorar a qualidade do ar nas cidades e para conter o avanço das mudanças climáticas”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de Estratégia e Novos Negócios da EDP. “A companhia está convicta de que este projeto pioneiro ajudará a fortalecer o ecossistema de mobilidade elétrica no país e abrir portas para novos modelos de negócios”, diz.

Pouco a pouco, iniciativas em torno da mobilidade elétrica tendem a se expandir gradualmente, ajudando o meio ambiente e impulsionando cada vez mais as vendas de carros elétricos no país. Globalmente, de acordo com a Agência Internacional de Energia (AIE), em 2019 foram comercializados 2,1 milhões de automóveis 100% elétricos, um crescimento de 6% em relação ao ano anterior.

Fonte: Valor Econômico

Galeria: Renault carros elétricos