Com o serviço de entregas 'bombando', este é o momento certo para apresentar vans elétricas

A Ford anunciou hoje que a sua próxima Transit totalmente elétrica, agora chamada de E-Transit, será apresentado em 12 de novembro de 2020. A nova van foi anunciada pela primeira vez para o mercado europeu (prevista para 2021), mas será lançada também nos EUA e Canadá logo em seguida, como ano modelo 2022.

O lançamento do E-Transit, juntamente com o Ford Mustang Mach-E totalmente elétrico e a picape elétrica Ford F-150 EV, que começa a ser produzida em breve e tem previsão de estreia em 2022, é parte de um mega investimento de US$ 11,5 bilhões em eletrificação.

Ainda não há detalhes técnicos sobre o E-Transit ainda, mas em geral, o momento para uma van elétrica não poderia ser melhor, já que "as entregas estão disparando" (em grande parte por conta do COVID-19). De acordo com a Ford, as vendas de e-commerce aumentaram em 32% na comparação ano a ano no primeiro trimestre e 44% no segundo trimestre.

Pesquisa

Junto com o anúncio sobre o E-Transit, a Ford revelou também os resultados da pesquisa sobre o papel crescente do impacto ambiental das entregas entre clientes em todo o mundo:

  • Preocupe-se com sua pegada de carbono. Mais de 60% dos americanos e 68% dos britânicos se preocupam com o impacto ambiental da entrega de mercadorias em suas casas. [Na verdade, isso é um aumento de 12% apenas nos EUA desde o início do ano.]
  • Aberto a serviços de entrega eletrificada. Em todos os três países (EUA, Reino Unido, Alemanha), metade dos entrevistados disse que escolheria um serviço de entrega verde em vez de um movido a gás se o preço e os tempos de chegada fossem os mesmos, com 54% nos EUA e quase 60% nos o Reino Unido afirmando isso;
  • Espere um pouco mais para ser 'verde': mesmo que tivessem que esperar mais tempo por uma entrega em vans de emissão zero, quase metade dos americanos e britânicos disseram que o fariam.

* Pesquisa realizada em parceria com o Google em três mercados principais - EUA, Reino Unido e Alemanha. 1000 entrevistados nos EUA e 1000 entrevistados no Reino Unido e na Alemanha participaram desta pesquisa independente.

Galeria: Ford Transit PHEV