A camuflagem pode ser um sinal de que o sedã elétrico será baseado no facelift da Série 3

O BMW M3 Touring e o i4 não serão as únicas novidades na linha dos modelos Séries 3 e 4, já que a BMW também está trabalhando em um Série 3 sedã sem um motor a combustão. E agora um novo flagra mostra um modelo similar ao Série 3 regular equipado com um motor a gasolina ou diesel, mas a falta de um escapamento revela a natureza elétrica do protótipo.

Os adesivos "veículo de teste elétrico" nas portas dianteiras indicam que o carro não estava queimando nenhum combustível fóssil. E essas saias laterais mais grossas sugerem que as baterias estejam alojadas embaixo do protótipo, o que significa que a praticidade não terá que sofrer com a troca de energia térmica para elétrica.

Galeria: BMW Série 3 elétrico - flagra

Pode haver duas explicações possíveis para o motivo pelo qual a BMW camuflou o carro. O cenário A é que estamos olhando para uma mula de teste inicial que usa um carroceria modificada de um Série 3 com propulsão convencional. O cenário B é que o sedã elétrico será baseado na reestilização meia-vida que o modelo receberá nos próximos anos. O enredo se complica quando você olha mais de perto para a dianteira e percebe que os faróis são, na verdade, espaços reservados.

A BMW decidiu camuflar totalmente a grade dianteira, mas não seria muito ousado supor que ela terá a mesma grade retrô que o Concept i4 e a sua versão de produção subsequente. O concorrente do Tesla Model 3 vindo da Bavária tinha rodas incompatíveis por algum motivo e também tinha um pouco daquela camuflagem ondulada no teto.

É improvável que este futuro Série 3 elétrico se iguale à potência elétrica do i4 com o emblema M confirmado para estrear em 2021. Espera-se que o elétrico "gran coupe" baseado na mesma plataforma CLAR das Séries 3 e 4 convencionais tenha mais de 500 cv de potência, então espere que o Série 3 de emissões zero entregue um resultado abaixo desse patamar.

Como referência, o SUV elétrico iX3 com tração traseira e um único motor elétrico é suficiente para 286 cv e 40,8 kgfm. Adicionar um segundo motor elétrico aumentaria muito a potência, oferecendo um sistema de tração nas quatro rodas xDrive aderente, mas as especificações do Série 3 elétrico permanecem um mistério por enquanto.

Embora os rumores tenham sugerido que a BMW poderia adotar o emblema i3, temos que questionar se esse será realmente o caso. A marca alemã pode não querer associar o nome deste elétrico com o peculiar hatchback elétrico/híbrido, especialmente porque o i3 ainda está em produção. O pioneiro elétrico da marca não terá uma segunda geração, portanto, pode ser descontinuado quando o Série 3 elétrico chegar ao mercado. No entanto, nossa aposta está em um novo nome para diferenciar melhor os dois carros.