Serviço funcionará por aplicativo a partir do segundo semestre de 2021

Em mais uma iniciativa para impulsionar a mobilidade urbana com zero emissões, o Itaú lança um novo serviço de carro elétrico compartilhado no Brasil. O aluguel funciona de forma semelhante ao já existente compartilhamento de bicicletas e patinetes elétricos de uma maneira bem simplificada por meio de aplicativo.

A fase de teste para o novo serviço começa em fevereiro de 2021 com previsão de estar operante em meados do ano que vem. O compartilhamento estará disponível inicialmente em São Paulo, mas de acordo com o Itaú a intenção é que ele se espalhe para outras grandes cidades do país. 

Galeria: JAC iEV40

Chamado de Vec Itaú (veículo elétrico compartilhado), o serviço está sendo desenvolvido juntamente com a Ucorp. Os valores a serem cobrados ainda não foram definidos, mas basicamente o usuário terá que pagar um valor fixo a cada utilização que será adicionado a um custo por minuto de uso. 

Até o momento já integram o projeto os veículos elétricos BMW i3, JAC iEV40 e Jaguar i-Pace. O objetivo do Itaú é ampliar as opções com mais montadoras se juntando ao serviço. 

Para alugar o carro elétrico basta baixar gratuitamente o aplicativo (disponível para Android e iOS), se cadastrar, fazer a reserva e, na data e horário agendados, desbloquear o carro pelo smartphone - não é necessário ser cliente do banco para utilizar o compartilhamento. 

No período de testes o compartilhamento será utilizado por funcionários do banco entre quatro pontos nas áreas corporativas da empresa. Quando for liberado para o público, haverá mais opções de veículos e eles poderão ser devolvidos em pontos específicos espalhados pela cidade. 

Galeria: Jaguar I-PACE 2021