Modelo 100% elétrico custa R$ 239.900 e é vendido em cinco estados e no Distrito Federal

Após completar 10 anos de trajetória e se tornar um sucesso global de vendas, com mais de 500.000 unidades emplacadas ao redor do mundo, o Nissan Leaf atinge a marca de 150 unidades vendidas no Brasil. Disponível em sete concessionárias da marca japonesa, o modelo 100% elétrico teve seu lançamento no país em julho de 2019.

Embora os números sejam aparentemente modestos, o Leaf é um dos carros elétricos com a maior frota circulante em território nacional e no acumulado do ano já está com 20% de participação no segmento, que atualmente conta com veículos de sete marcas diferentes no país.

"Este resultado demonstra que a nossa estratégia de comercialização do Nissan LEAF no Brasil foi correta. Durante este período, pudemos entender melhor o mercado e ajustar nossa operação para atender aos anseios dos consumidores deste segmento, que ainda estão conhecendo essa tecnologia, demonstrando o grande potencial para os veículos elétricos no país. Nos próximos meses, daremos início à segunda fase do nosso projeto de eletrificação no mercado nacional, muito mais arrojada e contundente", afirma Marco Silva, presidente da Nissan do Brasil.

Galeria: Nissan Leaf - Brasil

Como sempre destacamos aqui o mercado nacional de carros 100% elétricos ainda é incipiente, mas vem crescimento em ritmo acelerado desde o ano passado. O modelo da Nissan disputa espaço com modelos que chegaram ao país posteriormente como o Chevrolet Bolt. Também vale ressaltar que o modelo da marca japonesa é comercializado em apenas cinco estados (Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo) e no Distrito Federal.

O Nissan Leaf ficou mais caro recentemente e atualmente é vendido no Brasil por R$ 239.990. O modelo está equipado com um motor elétrico de 149 cv que permite acelerar de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos e alcançar a velocidade máxima de 144 km/h. Já as baterias, garantem autonomia de 389 km pelo padrão WLTP e 240 km com uma carga pelo ciclo norte-americano EPA.